Arquivo

Archive for janeiro \31\UTC 2008

Vem aí o II CONAPIR

31 de janeiro de 2008 Deixe um comentário
 

Prezad@s Malung@s

 O texto abaixo é uma das maneiras que encontrei no sentido de contribuir com algumas lideranças que possivelmente não estejam acompanhando as informações. Portanto, acredito que ele pode sim servir como subsidio para a II Reunião sobre o CONAPIR que o Governo do Estado de Alagoas está articulando,  nessa quarta-feira dia 30/01/08 as 09h00 no Palário Republica dos Palmares (salão Acotirene). 

 

Helcias Pereira / AL

82-9341-0943

 

 

Apesar de não ter participado da 1ª Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial – CONAPIR, nem mesmo da prévia estadual, momento em que estava afastado, tive a oportunidade de acompanhar passo a passo e constatar alguns importantes avanços, pelo menos no âmbito nacional. No entanto, nunca me veio a idéia de partilhar pensamentos e vivências diante da questão, coisa que faço agora por entender estamos numa conjuntura bastante “interessante” no sentido de possibilitarmos uma discussão política capaz de “promover” um rico e necessário debate dentro das instâncias negras de Alagoas.

Acredito ser da ciência de todos o advento da 2ª CONAPIR marcada a priori para maio de 2008, e como se trata de uma ação do Governo Federal, cabe aos demais gestores estaduais e municipais articularem suas instâncias, bem como, a sociedade civil para discutir e elaborar propostas a serem encaminhadas e defendidas pelos delegados eleitos conforme regimento da Conferência. Na verdade é o que a Secretaria Estadual da Mulher e Direitos Humanos está por fazer, quando convidou os representantes das entidades e instituições para uma conversa preliminar e assim consolidar os encaminhamentos.

Quero partilhar que tive a oportunidade enquanto Gerente de Programas Afros da extinta Secretaria Especial de Defesa e Proteção das Minorias – SEDEM-AL, de participar da criação do Fórum Intergovernamental de Promoção da Igualdade Racial do Nordeste – FIPIR-NE, e desta forma naturalmente pude participar em Brasília do lançamento do Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial – PNPIR, momento este no qual tive a alegria de interagir junto aos companheiros Carlos Martins que era Assessor do FUNCRED/AL e membro da ONG ANAJO na época, e ainda o Babalorixá Célio Rodrigues que como um verdadeiro guerreiro levava consigo a bandeira do povo afro-religioso alagoano. Além é claro de  reencontrar diversos amigos ativistas e gestores de vários Estados.

Desta vez, independente de estar gestor ou não, tenho consciência que ao completar 20 anos de militância, é meu dever continuar firme na luta e buscar contribuir sempre.

Como bem sabemos, a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – SEPPIR completará cinco anos no próximo  dia 21 de março, e cabe a ela a incumbência de articular, formular e coordenar políticas de promoção da igualdade racial. Seria algo no mínimo leviano e preconceituoso negar  a criação da SEPPIR como um avanço do Estado Brasileiro em tratar as questões da desigualdade social e conseqüentemente do combate a prática do racismo, que além de tudo perpassa no âmbito institucional.

Foi durante o lançamento do PNPIR que pude constatar na fala dos convidados ilustres, o quando é importante a promoção do conhecimento de um povo e suas lideranças, e mais ainda, fomentar e articular sua união para que dentro do processo democrático sejam elaboradas as propostas e conseqüentemente alcançado seus resultados.

Pude constatar com alegria que a I CONFERÊNCIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL  foi de suma importância no processo de consolidação das políticas em favor do povo negro. 

Nada poderia ser mais prazeroso que constatar a participação de mais de noventa mil pessoas, envolvendo governos estaduais e municipais, bem como poderes legislativos e judiciários, além das diversas instituições públicas e privadas.

Mais de mil e trezentos municípios foram mobilizados, fato que segundo as informações contidas no documento de lançamento  do PNPIR legitima a atuação do Poder Executivo, instituindo a promoção da igualdade racial como política de Estado.

Creio que graças às intervenções de todos os inimagináveis participantes, considerando todas as adversidades em sua contextualidade, pode-se dizer que a  SEPPIR cumpriu seu papel consolidando varias conquistas. E aqui faço questão de citar alguns itens a exemplo da Inserção da atenção da saúde da população negra no Plano Nacional de Saúde;  Implantação do Programa Nacional de Anemia Falciforme; Programa Brasil Quilombola; Programa Luz Para Todos; e a criação do FIPIR enquanto espaço e articulação, capacitação, planejamento, execução e monitoramento de políticas públicas de promoção da igualdade racial dos governos estaduais e municipais.

Desta forma, vejo como imprescindível que os segmentos negros, ONGs e instituições que trabalham a temática da promoção da igualdade racial, estejam abertos e comprometidos na construção desse novo passo, principalmente os que historicamente exercem tais incumbências, mas que na verdade tudo isso requer uma maior coesão de todos para que todos sejam vencedores.

E naturalmente inspirado pelo documento do PNPIR, transcrevo com alegria e esperança a fala do grande líder negro sul africano Nelson Mandela:

 

“São tão óbvios os avanços que estamos fazendo como nação,e tão claros os desafios que nos esperam, que mesmo vindo de diferentes origens, mesmo representando diferentes grupos, mesmo interpretando de forma diferente as aspirações (…), só podemos reconhecer que para que cada um vença, todos têm de vencer. Somos um povo com um destino.”

 

Continuemos a luta!

Helcias Pereira – Coordenador de Cultura da ONG Anajô 

 

Categorias:Opinião

Política

21 de janeiro de 2008 Deixe um comentário
 
         
            Na próxima quarta-feira (23.01) será realizada uma reunião entre lideranças do movimento negro e a Secretaria da Mulher e Direitos Humanos de Alagoas para discutir sobre a Conferência Nacional de Promoção de Políticas de Igualdade Racial (CONAPPIR) e encaminhamentos estaduais. A atividade acontecerá às 10hs no antigo Hotel Beri (1º andar), localizado na Rua do Sol – Centro de Maceió. Mais informações: (82) 8833-4064.
Categorias:Informes

Concurso

11 de janeiro de 2008 Deixe um comentário
 
Sai o edital do Concurso Estátua Zumbi dos Palmares
(10/01/2008 – 10:09)

Foi publicado hoje, no Diário Oficial da União, Seção 3, página 9, o aviso do Concurso Estátua Zumbi dos Palmares. O concurso, instituído pelo Ministério da Cultura, por meio da Fundação Cultural Palmares, vai escolher a melhor estátua de Zumbi para ser instalada na praça da Sé, em Salvador, Bahia. As inscrições devem ser enviadas para a sede da Fundação Cultural Palmares até o dia 10 de março.

 

O concurso é fruto do projeto "Monumento Zumbi dos Palmares", cujo proponente é a Organização Não-Governamental A Mulherada. Haverá premiação para os três primeiros lugares.

 

Fonte: http://www.palmares.gov.br

Notícia

10 de janeiro de 2008 1 comentário
 

09.01.2008 – 19:47
Incêndio na Serra da Barriga em União

           Um incêndio que começou por volta da 16:30h na Serra da Barriga em União dos Palmares, distante 78 quilômetros de Maceió, levou susto aos moradores da região e agentes florestais. O Memorial Quilombo dos Palmares, recém inaugurado, quase foi atingido, o fogo ficou a 300 metros do Parque.
           Segundo os primeiros levantamentos dos agentes florestais da Fundação Cultural Palmares, o incêndio pode ter sido criminoso e atingiu uma área de aproximadamente 20 hectares. Começando numa mata fora da área tombada e se alastrando em direção ao platô.
           Duas viaturas do Corpo de Bombeiros de Maceió foram no local para apagar os focos de incêndio, sendo uma viatura que comporta 12 mil litros de água e a outra 4 mil litros.
           Amanhã devem ir à Serra da Barriga a Polícia Ambiental, Ibama e Corpo de Bombeiros para fazer uma perícia e tentar descobrir o que aconteceu. 
           A produção da Gazetaweb, tentou falar com Patrícia Mourão, diretora do instituto Magna Mater, responsável pela construção do memorial, mas ela não foi localizada.

Reportagem: Douglas Lopes Colaboração: Rívison Batista

 

Fonte: http://gazetaweb.globo.com

Formação

7 de janeiro de 2008 Deixe um comentário
 

Sábado, 12 de janeiro de 2008 das 17 às 19h.

Roda de Discussão:

O CARNAVAL E CULTURAS POPULARES EM ALAGOAS

 

Convidados:

Edson Bezerra (músico, antropólogo e sociólogo) – A emergência das margens e a  importância da consolidação de um Pólo Afro no carnaval alagoano

Ítalo John (capoeirista, passista e vocalista da banda Mensageiros de Jah) – No compasso do frevo em Alagoas ou Por onde andam os filhos do Moleque?

Carlos Pereira (historiador, capoeirista, coordenador do Núcleo de Apoio e Desenvolvimento da Capoeira – NADEC) – Capoeira e samba, desde quando?

Mediadores: Christiano Barros Marinho (Baque Alagoano, NADEC) e Ernani Viana (Baque Alagoano).

 

Sábado, 19 de janeiro de 2008 das 17 às 19h.

Oficina de frevo com Ítalo John

Adesão: R$ 5,00.

Local: CENARTE rua Pedro Monteiro, Centro (próximo a Praça dos Palmares e  ao lado da escola de cegos) 

Realização: Articulando os Quilombos; NADEC (Núcleo de Apoio e Desenvolvimento da Capoeira); Coletivo Percussivo Baque Alagoano   &   Orquestra de Tambores de Alagoas.

 

 
Categorias:Informes

Religião

7 de janeiro de 2008 Deixe um comentário
 

A CASA DE IEMANJÁ realizará no próximo domingo (13.01) a VI LAVAGEM DO BOMFIM às 15:00h no pátio da Igreja do Bomfim, localizada no bairro Poço em Maceió-AL. Trata-se de um momento que as religiões de matriz africana "dizem não a intolerância religiosa".

Categorias:Informes

Educação

7 de janeiro de 2008 Deixe um comentário
 

RODA DE DIÁLOGOS SOBRE A LEI. 10.639/03

 

 

Buscando atender a demanda da elaboração das Diretrizes Curriculares Alagoanas para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino da Cultura-Afro-brasileira, afro-alagoana e africana (Lei estadual nº 6.814/07) e a criação de espaços para visibilização do aniversário dos 05 anos da Lei Federal nº 10.639/03, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, através da  Gerência de Educação Étnico-Racial, realiza dia 09 de janeiro de 2007, a IV Roda de Diálogos: “A Educação Construindo  Políticas Públicas para  Promoção da Igualdade Racial”, das 09 às 12 horas, na Sala dos Conselhos do Palácio República dos Palmares.

             A proposta  desta IV Roda de Diálogos é não só criar  uma agenda de políticas educacionais inclusivas, como também um diálogo e a troca de experiências com instituições governamentais e não-governamentais, estabelecendo assim a missão institucional da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte de reconhecimento, valorização e implementação no sistema de ensino da Lei Estadual nº. 6.814, sancionada em 02 de julho de 2007 (cria  a obrigatoriedade do estudo da África, dos afro descendentes brasileiros e alagoanos e o ensino das relações étnico-raciais no currículo das escolas alagoanas), da diversidade  cultural, de gênero.

            A IV Roda de Diálogos é continuidade do processo de  construção das diretrizes curriculares estaduais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e o Ensino da História e das Culturas Afro-brasileira, afro-alagoana e africana, iniciado em outubro de 2007, pela consultora, Denise Botelho,professora da Universidade de Brasília (UNB). Nessa fase de formulação das diretrizes alagoanas, teremos a participação da   pedagoga e consultora para questão racial, Fátima Solange Cavalcante, coordenadora da  Pastoral Afro-brasileira no Estado da Paraíba. Militante do movimento negro. Participante da comissão governamental na cidade de Campina Grande/PB para implantação de lei 10.639 e da comissão governamental de Bezerros em Pernambuco para formulação da diretriz na lei.

         Foram convidadas instituições como o Conselho Estadual de Educação, SINTEAL,UNDIME, UNEAL, NEAB, CEFET, secretarias de educação dos municípios alagoanos, Secretaria da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos, Secretaria da Assistência e Desenvolvimento Social, Prefeitura de Viçosa, movimento negro, Secretaria de Cultura, superintendências  e gerências da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte,representações da Assembléia Legislativa e Câmara Municipal. 

 

Programação 
 

09h00- Composição da mesa

09h20 – Apresentação artística

09h25- Apresentação do documento das  diretrizes estaduais ( proposição)

10h00- Pausa para cafezinho

10h10- Discussão e elaboração coletiva das Diretrizes.

11h20- Socialização

12h00- Encerramento 

 

Inscrições: (82) 3315-1268 ou pelo e-mail: arisia.barros@ig.com.br.