Inicial > Entretenimento > Cultura

Cultura

 
 

O Teatro do Oprimido Alagoano

 

O Centro de Teatro do Oprimido – CTO, com patrocínio da Petrobras, e em parceria com a Fundação Municipal de Ação Cultural e o SESC-AL, anuncia a realização da segunda etapa de formação de Multiplicadores de Teatro do Oprimido, para representantes de Grupos Culturais, Pontos de Cultura e Movimentos Sociais.

            Este curso acontece de 07 a 11 de Julho, em Maceió. Para conferir os resultados desta etapa, haverá Evento Público, gratuito, no dia 11, às 16h, no SESC Centro, com apresentação de espetáculo de Teatro-Fórum de jovens e exposição da Estética do Oprimido.

Com quase quatro décadas de existência, praticado em cerca de 70 países, por todo o mundo, e em 19 estados brasileiros, o Método de Augusto Boal avança Alagoas adentro, sendo praticado no sertão, no agreste e no litoral, beneficiando crianças, jovens, adultos e idosos; homens e mulheres; em aldeias, acampamentos, comunidades quilombolas, assentamentos rurais, comunidades empobrecidas, escolas e universidades; tanto no campo e quanto na cidade. O Teatro do Oprimido tem ampliado as possibilidades de expressão de diversos grupos, auxiliando na busca de alternativas de solução para problemas reais.

Cerca de 40 Multiplicadores, em processo de formação, atuam intensamente em Palmeira dos Índios, Arapiraca, Delmiro Gouveia, Matriz de Camaragibe, Fleixeiras, União dos Palmares, Murici e Maceió, entre outros, formando a identidade do Teatro do Oprimido Alagoano, que já tem a marca registrada da riqueza cultural do estado.

Por ser uma metodologia lúdica e atraente, de fácil aplicação, com potenciais extraordinários de multiplicação, que não exige custos altos de investimento e alcança resultados eficientes, o Teatro do Oprimido é um instrumento fundamental para o desenvolvimento de programas sócio-culturais em áreas com recursos escassos. Essas características do Método são alguns dos motivos que determinaram o sucesso da difusão do Método em Alagoas.

Se desejar conhecer um pouco do desenvolvimento do Teatro do Oprimido em Alagoas, compareça ao SESC Centro, que fica na Rua Barão de Alagoas, 229, Centro, (ao lado da Secretaria de Educação, em frente à antiga Rua das Árvores), No dia 11 de Julho, sexta-feira, às 16h.  Entrada franca!

 

Mais informações: Claudete Felix (21) 9357 0034; Helen Sarapeck (21) 8181 8183 ou Thiago Sampaio (82) 3326-3133/9905-0575

Fonte: Assessoria

Anúncios
Categorias:Entretenimento
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: