ARTE

 

O projeto “Fábrica de Teatro Popular Nordeste” realiza no próximo fim de semana evento público gratuito no SESC Centro

 

Acontece nos dias 10 e 11 de outubro, no SESC Centro, localizado a Rua Barão de Alagoas n° 29, no horário de 14 às 17 horas, com o patrocínio da Petrobras, a Mostra Estadual Fábrica de Teatro Popular Nordeste, um evento público composto por exposição de trabalhos artísticos, apresentações de cenas de Teatro-Fórum, shows musicais e um recital de literatura de cordel. Tudo encenado por sete dos cerca de vinte e cinco grupos formados pelos Multiplicadores de Teatro do Oprimido existentes e atuantes em mais de uma dezena de municípios do Estado de Alagoas. Os ingressos são gratuitos.

 

A partir das 14 horas, o público vai poder apreciar uma exposição alegre, colorida, divertida e reflexiva da Estética do Oprimido, que consta de trabalhos artísticos produzidos pelos grupos comunitários ao longo de dez meses de trabalho contínuo, sob orientação dos Curingas do Centro de Teatro do Oprimido. Em seguida, às 15 horas, acontecem as apresentações artísticas.

 

A cada dia, serão apresentadas duas peças de Teatro-Fórum, um show musical e um recital de literatura de cordel. Após as apresentações das peças teatrais, baseadas na vida real, o público é convidado a intervir na cena e, se desejar, trocar de lugar com os atores, assumindo seus personagens e tentando transformar os problemas encenados.

 

Alguns dos grupos que participam do evento são: adolescentes da Comunidade Jacintinho; jovens catadores de lixo da Ong Guerreiros da Vila; Ong Quintal Cultural; jovens da Ong Movimento Pró Comunitário, moradores da Rua da Gandaia de Palmeira dos Índios; índios estudantes da UFAL – Universidade Federal de Alagoas de Palmeira dos Índios; crianças da comunidade Vergel do Lago; entre outros.

 

O projeto Fábrica de Teatro Popular Nordeste é uma realização do Centro de Teatro do Oprimido, com patrocínio da PETROBRAS, em parceria com o SESC Alagoas, que tem como objetivo formar multiplicadores de Teatro do Oprimido para pontos de cultura, movimentos sociais e grupos culturais, interessados em utilizar o Método criado pelo teatrólogo Augusto Boal, para estimular a reflexão de problemas reais e a busca de alternativas, através do Diálogo Teatral com a sociedade.

 

 

Serviço 

Nome do evento: Mostra Estadual Fábrica de Teatro Popular Nordeste

Local: SESC Centro. Rua Barão de Alagoas 29, Centro, Maceió. Telefone: (82) 3326-3133

Capacidade de público: 110 pessoas, sentadas.

Dias 10 e 11 de outubro

A partir das 14 horas o público terá acesso a Exposição da Estética do Oprimido.

De 15 às 17 horas acontecem as apresentações artísticas.

Ingressos: GRÁTIS

Classificação etária: Livre

 

Assessoria de Imprensa

Ney Motta  – CENTRO DE TEATRO DO OPRIMIDO (CTO)
tels. (21) 2539-2873 e 8718-1965
e-mail: neymotta@terra.com.br

 
Categorias:Entretenimento
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: