Arquivo

Archive for outubro \25\America/Maceio 2009

DIVULGAÇÃO

25 de outubro de 2009 Deixe um comentário

COJIRA-AL: Informes Afros

27/10/09 (terça-feira) – COJIRA/AL

Todos
os membros da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-AL),
jornalistas e estudantes, estão convocados para participar de uma reunião a
partir das 9h, na sede do Sindjornal. Pauta: Aniversário de dois anos da
comissão que é interligada ao Sindicato de Jornalistas Profissionais de Alagoas
(Sindjornal) e cobertura do mês da consciência negra.

 

 28/10/09 (quarta-feira) – CONSULTA
PÚBLICA

A
Prefeitura de Maceió convida todos os profissionais de comunicação (jornalistas,
relações públicas, gráficos, publicitários) e empresários da área para uma
Consulta Pública a partir das 19h, no Hotel Ponta Verde. O objetivo do encontro
é discutir um Plano Integrado de Promoção ao Direito Humano à Segurança, e ter
um diálogo produtivo com o Secretário Municipal Pedro Montenegro – Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Segurança
Comunitária e Cidadania (
Semdisc).

 

 30/10/09 (sexta-feira) – FILME

Será lançado nacionalmente o
filme “Besouro – Da capoeira nasce um herói”, produção brasileira que conta a
história do
capoeirista
Manoel Henrique Pereira que se passa no Recôncavo Baiano no período
pós-Abolição.
Acesse o
site oficial:
www.besouroofilme.com.br. Imperdível!

 

 31/10/09 (sábado) – CONCURSO

O prazo de inscrição para o Concurso
Beleza Negra 2009 será encerrado nesse sábado. O evento é promovido pela
Prefeitura de União dos Palmares por meio da Secretaria de Turismo. Podem
se
inscrever jovens de ambos os sexos com idade entre 16 e 25 anos, com altura
mínima de 1m70 (homem) e 1m60 (mulher), pode está matriculado ou concluído o
ensino médio da iniciativa pública ou privada, e residir em União dos Palmares
no mínimo há três anos. Mais informações: (82) 3281-1799.

 

 

NOVEMBRO – PROGRAMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA NEGRA

A Cojira-AL solicita
que os diversos segmentos afro-alagoanos repassem para o nosso email (cojira.al@gmail.com)
a programação político-cultural dos seus grupos para divulgarmos em nosso blog
e na coluna axé. O número de integrantes ainda é pequeno e infelizmente não
podemos participar/fazer a cobertura de todas as ações, ainda mais em novembro,
quando as atividades se multiplicam. No entanto, contem com o apoio e carinho
da comissão formada por jornalistas e acadêmicos (negros e brancos) comprometidos
com uma comunicação plural e sócio-cultural.

Todas essas informações,
fotos, artigos, reportagens e as ações da mídia afro-alagoana você encontra no
blog: www.cojira-al.blogspot.com.

Envie sua sugestão de pauta!

Axé para tod@s!

COJIRA-AL

Categorias:Informes

CAPOEIRA

25 de outubro de 2009 Deixe um comentário
Imperdível – filme Besouro


Confira o trailer:
http://www.youtube.com/watch?v=W2QgxB5xw-k

Também tem um site com várias informações:
http://www.besouroofilme.com.br

Categorias:Entretenimento

SEGURANÇA PÚBLICA

21 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Consulta pública prossegue amanhã(22) com integrantes do movimento negro


Representantes
dos diversos segmentos do movimento negro participam amanhã (22), da
consulta pública preparatória à elaboração do Plano Integrado de
Promoção ao Direito Humano à Segurança (Maceió Mais Segura). O evento
acontece às 17 horas, na sede da Secretaria Municipal de Direitos
Humanos, Segurança Comunitária e Cidadania (Semdisc/Praça Sinimbu).

"Estamos
satisfeitos e ainda mais esimulados com a adesão e particiapção ativa
dos diversos segmentos que temos convocado para as consultas públicas,
realizadas desde o final de setembro.

Recentementemente, durante
a consulta dirigida aos idosos, ouvimos uma série de relatos
importantíssimos para composição do diagnóstico que subsidiará o
plano", avalia o secretário de Direitos Humanos, Segurança Comunitária
e Cidadania, Montenegro.

Segundo o secretário, a idéia é
concluir as consultas até segunda quinzena de novembro para que o
esboço do plano seja apresentado e discutido com a sociedade e poderes
constituídos.

Fonte: http://www.maceiomaissegura.blogspot.com

Categorias:Movimento negro

CULTURA

21 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Cultura étnica em evidência na Feira Camponesa



Texto: Helciane Angélica

Fotos: Helciane Angélica e Emanuelle Vanderlei.




A
11ª Feira Camponesa promovida pela Comissão Pastoral da Terra (CPT-AL)
valoriza a comercialização de produtos oriundos dos assentamentos da
reforma agrária e ressalta o talento de artistas locais nas noites
culturais, que aconteceram na Praça da Faculdade em Maceió.

O Coletivo Afro Caeté foi um dos convidados na
programação, tocou no dia 14, e levou o batuque eletrizante dos
tambores, alfaias e xequerês, além de músicas que exaltam a cultura
indígena e negra – o grupo foi criado em fevereiro deste ano, valoriza
a cultura tradicional/popular nordestina, e escolheu esse nome para
representar a herança do povo alagoano. No evento, as outras bandas
tocaram o autêntico forró pé de serra, reggae, samba da melhor
qualidade e até músicas utilizadas no coco de roda.

Na programação também teve, pela primeira vez, a instalação de uma
rádio-poste “Caminho da Roça”, com uma grade bem diversificada e
executada durante doze horas, mesclando: músicas, entrevistas,
notícias, notas informativas sobre os direitos dos t
rabalhadores rurais e as ofertas da feira.

 
Mas, um programa de destaque foi “Lutas Populares”, com a participação
de lideranças sociais: no dia 13, Jorge Vieira, membro do Conselho
Indigenista Missionário (CIMI) destacou a luta do povo indígena desde o
“Descobrimento” do Brasil até os dias atuais, e no outro dia, Helcias Pereira, ativista do movimento negro, falou sobre os Guerreiros Quilombolas, com explanações históricas
referentes a diáspora forçada dos africanos até o nosso país, a resistência de luta e a importância das ações afirmativas.



Fonte: Coluna Axé / Tribuna Independente (20.10.09)

Categorias:Entretenimento

MOVIMENTO NEGRO

21 de outubro de 2009 Deixe um comentário

VISITA POLÍTICA

Por: Helciane Angélica



No
dia 15 de outubro, o auditório do Sindicato dos Trabalhadores em
Estabelecimentos de Ensino Privado (Sintep) localizado no bairro do
Prado em Maceió, ficou apertado para receber o número de representantes
do movimento social negro alagoano. O motivo do encontro foi a presença
de Zulu Araújo, presidente da Fundação Cultural Palmares, que é
interligada ao Ministério da Cultura. Aliás, não foi uma simples visita
e sim uma convocação para discutir dois pontos importantes: a
instalação do escritório da FCP na cidade de União dos Palmares e a
programação político-cultural do mês da consciência negra.



A
reunião começou às 18h30 e só foi concluída às 22h, no início foram
destacadas as ações realizadas pela Fundação e os novos projetos que
buscam ampliar os avanços das questões étnicorraciais para o país.



“A
Palmares a partir de agosto quando completou 21 anos de existência,
vive uma nova realidade, principalmente em relação às propostas.
Estamos investindo na reestruturação, antes trabalhávamos de forma
precária e tínhamos cerca de 2/3 do número de funcionários
terceirizados, mas, agora temos 139 funcionários de carreira e até o
final do ano queremos ampliar em 200. Além disso, iremos investir nas
representações regionalizadas, nos estados de São Paulo, Rio Grande do
Sul, Minas Gerais, Maranhão e Alagoas”, declarou Zulu. A escolha deu-se
pela importância geo-política e pelo percentual do número de
afrodescendentes; Alagoas é o único de âmbito estadual e que terá um
escritório, com a principal missão de atender as reais necessidades da
Serra da Barriga e a administração do Parque Memorial Quilombo dos
Palmares.



Essa
pauta foi bastante polêmica, pois a escolha do futuro secretário ou
secretária estadual ainda não foi definida e vários nomes foram
especulados para a disputa, como: Mestre Claudio, Djalma Rosendo,
Arnaldo Barbosa, Neide Mitomari e Zezito Araújo – o resultado deve ser
apresentado no próximo mês. Para o escritório, o imóvel já foi
providenciado e terá a contratação de três auxiliares por meio de
licitação: assistente administrativo, secretário(a) e serviços gerais.
Em relação à programação festiva do 20, foram recebidos alguns projetos
e considerados exorbitantes, por enquanto, o apoio que foi divulgado é
a escolha de uma atração nacional para se apresentar e 10 ônibus que
deslocarão ativistas, estudantes, professores e demais interessados de
Maceió até a cidade palmarina, entretanto, outras propostas ainda serão
discutidas.



No
encontro, estiveram presentes vários grupos filiados ao Fórum de
Entidades Negras de Alagoas (Fenal), capoeristas, religiosos de
matrizes africanas e representantes da Associação dos Grupos e
Entidades Negras de União dos Palmares (Agrucenup).



O
curioso dessa história são os jogos de interesses, enquanto tem
instituições que executam ações durante o ano inteiro, superando as
dificuldades estruturais e financeiras; outras, só se preocupam em
produzir projetos nas vésperas do Dia da Consciência Negra e
principalmente com o cachê que podem “arrancar” nesse período. Aí,
resta sempre a mesma pergunta: a consciência político-cultural e a
resistência negra só existem em novembro? Críticas sempre presentes,
apenas, para a reflexão e crescimento. Axé!


Fonte: Coluna Axé – Tribuna Independente (20.10.09)

DIVULGAÇÃO

11 de outubro de 2009 Deixe um comentário

MOBILIZAÇÃO

11 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Religiosos participam de mais uma audiência no Ministério Público

Outro tema que esta deixando todos
que fazem a religião de matriz africana preoculpados é a Violência da
Polícia Militar às casas de axé. Na próxima quinta-feira, 15 de
outubro, acontecerá uma audiência entre o comando da PM-AL e os
religiosos de Matriz Africana (CANDOMBLÉ E UMBANDA).

A proposta foi do promotor de jústiça, Dr. Flavio, presidente da COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS, que busca estabelecer um ajuste de conduta ou um disciplinamento da abordagem da militar junto às casas de terreiros.

Essa
audiência já é fruto de diversas solicitações e mobilizações dos
religiosos para solucionar esse problema, só no ano de 2009 já foram 10
ocorrências, isso tem que parar. POR ESSE MOTIVO CONCLAMAMOS A TODOS
QUE FAZEM O MOVIMENTO NEGRO, RELIGIOSOS DO CANDOMBLÉ E UMBANDA,
MOVIMENTOS SOCIAIS, QUILOMBOLAS, E TOD@S QUE COMPAREÇAM AO DIA DE
VIRGILIA PELO RESPEITO "AOS TAMBORES SAGRADOS DA RELIGIÃO DE MATRIZ
AFRICANA".


DIA: 15 DE OUTUBRO (QUINTA-FEIRA)

LOCAL: MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL (PROXIMO AO RIACHO SALGADINHO), NO BAIRRO DO POÇO EM MACEIÓ-AL.

HORÁRIO: 9h


Fonte: Divulgação

Categorias:Movimento negro

ARTICULAÇÃO

11 de outubro de 2009 Deixe um comentário

 

Anajô na Conferência de Comunicação

 

 

 

Nos dias 09 e 10 de outubro, ocorreu a Conferência Regional Metropolitana de Comunicação (Conrecom) em Maceió-AL, que teve como tema a "Comunicação: meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital". O Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô não poderia ficar de fora, lutar por uma comunicação mais democrática e que respeite a diversidade étnicorracial, gênero, orientação sexual e opção religiosa.

O Anajô foi representado pela sua presidente que é jornalista diplomada, Helciane Angélica, que ficou entre os 32 delegados(as) da sociedade civil para a etapa estadual que acontecerá em novembro. Do movimento social negro, também foram eleitas como delegadas, a ialorixá Rosineide Souza da Costa (Mãe Rosa) do Centro Afro Cultural Abaça de Oxum Pandá e a publicitária Arísia Barros, da ONG Maria Mariá, que é coordenadora do projeto Raízes de África.

As ativistas prestigiaram as palestras e contribuíram com as discussões no Eixo: Cidadania, Direitos e Deveres, precisamente, no Grupo de Discussão 1 (Diversidade Cultural, Religiosa, Étnicarracial, de Gênero e Orientação Sexual). Na ocasião, foram aprovadas propostas como: maior punição sobre os termos racistas e preconceituosos utilizados nos meios de comunicação; garantir um espaço igualitário para todas as religiões na mídia, principalmente, para as religiões de matrizes africanas; ampliar o espaço dos movimentos sociais nas concessões públicas de rádio e TV, etc.

Independente de estar ou não na delegação alagoana que participará da 1ª Conferência Nacional de Comunicação, em Brasília no mês de dezembro, o mais importante é fazer parte dos debates e articulações em prol de um novo formato midiático para o Brasil. Precisamos urgente de uma transformação social!

 

 

 

Categorias:Anajô

CONVITE

2 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Em
virtude do advento da 1ª Conferência Nacional de Comunicação em
dezembro de 2009 e considerando ser de suma importância a realização de
debates populares em torno da temática, a Comissão de Jornalistas pela
Igualdade Racial de Alagoas (Cojira-AL) em parceira com o Centro de
Cultura e Estudos Étnicos Anajô, promove nesta
terça-feira (06 de outubro) uma conferência livre de comunicação, com o
tema: “A diversidade étnica e o direito à comunicação”
.

A
ação pioneira é voltada para as lideranças dos movimentos sociais,
principalmente, dos segmentos afros: religiosos de matrizes africanas,
capoeiristas, quilombolas, grupos artísticos e organizações negras. Na
ocasião, serão elaboradas propostas que combatam os atos racistas
utilizados nos grandes meios de comunicação.

Local: Auditório da OAB-AL (Praça Montepio dos Artistas, no Centro de Maceió) Horário: Das 13 às 17h

Temas abordados:

* “A importância da CONFECOM” : Valdice Gomes (Presidente do Sindjornal / integrante da Cojira-AL e do Anajô).
* “Cidadania, Direitos e Deveres”: Álvaro Brandão (Jornalista e editor da Coluna Bivolt/Tribuna Independente)
* “Produção de conteúdo e negritude”: Arísia Barros (Publicitária e Coordenadora do Projeto Raízes de África /ONG Maria Mariá).

Mais informações: (82) 9999-1301 e 8831-3231.


ATENÇÃO!

A
Conferência Metropolitana de Comunicação acontecerá nos dias 09 e 10 de
outubro, na Faculdade Maurício de Nassau (Ponta Verde) em Maceió, onde
serão escolhidos os delegados e delegadas para a etapa estadual em
novembro. Os interessados e interessadas devem garantir sua inscrição
nos dias 05 e 06/10, no site: http://www.maceio.al.gov.br.