POESIA: ZUMBI, o Mestre da Liberdade

Por:  Helcias Pereira (*)

Zumbi meu mestre, onde estais agora?

será que estais por ai afora, fazendo a hora

como é praxe acontecer?

Hei Zumbi, meu mestre!  Tem negro no mato, afoito,

agitado, meio louco, escondendo-se aos poucos,

querendo viver.

Onde estais meu mestre?

Dizem que lá no mocambo,

nosso povo aos tombos rolou pelo chão,

que nossa muralha, construída sem falha,

foi de longe atingida por um tal de canhão.

Será meu mestre que nosso sonho acabou?

Será que Dandara está com você?

Olorum tomara!   Pois ninguém como ela

ensinou-me a viver,

aprendi com ela que na vida

não se pode nunca parar,

e que por sermos humilhados, subestimados,

temos que ter forças para lutar,

pois somos negros, guerreiros, coragem nunca falta,

como não falta também, a ternura de amar.

E onde quer que tu estejas,

eu sei meu mestre que almejas

construir nova nação,

que lutas por liberdade, e em nome da verdade,

queres confirmar a razão.

A razão da independência, da alma, da inteligência,

do brio, da dignidade, da força, da coerência,

da quase perfeita humanização.

A razão da esperança,

do homem livre a criança,

da alma do cidadão.

A razão que tudo espera,

não importa época ou era,

a razão do coração.

De sentir-se a qualquer momento,

esperto, ousado, atento,

pronto pra defender um irmão.

É assim que eu acredito ZUMBI,

é assim que eu acredito!

E quando vejo hoje em dia

nosso povo nesta agonia,

numa suposta moradia,

nas barbas da humilhação.

Muitos semi escravizados,

outros por muito explorados,

outros piores, na prisão.

Muitos perderam a identidade

e quem domina na verdade

continua sendo o opressor,

que paga pouco ou quase nada

em  cima  de uma Lei ousada,

alias, bem secular.

É tão triste meu mestre, é tão triste!

Saber que ainda existe

quase tudo por lutar,

saber que o nosso povo

tem muito mais pra resgatar,

e fazer da tua existência

o maior exemplo que há.

Pois onde quer que tu estejas agora

está por chegar a hora

do nosso povo avançar.

E fazer da coragem, a força da união;

da luta, a causa do irmão;

da inteligência, a voz da razão,

e fazer principalmente do teu nome,

o fruto da libertação.

VALEU  ZUMBI !!!

 

________________________

Arte-Educador – Popular

Membro-Diretor do Centro de Cultura e Estudos Étnicos ANAJÔ

Membro da Coordenação Nacional dos APNs do Brasil

Mobilizador Social do Centro de Educação Ambiental São Bartolomeu

Recebeu em 11/11/2010 a COMENDA DANDARA – Câmara Municipal de Maceió

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: