Inicial > Cojira-AL, Igualdade Racial, Notícias e política > Cojira-AL debate o Estatuto da Igualdade Racial

Cojira-AL debate o Estatuto da Igualdade Racial

A Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira) do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Alagoas (Sindjornal) promove no próximo sábado (2 de julho), um encontro de formação sobre o Estatuto da Igualdade Racial, aprovado em 2010. O evento acontece das 9h às 12h, na sede do sindicato, tendo como palestrante Helcias Pereira, coordenador nacional de formação dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (Apns) e conselheiro titular do Conselho Nacional de Promoção da igualdade Racial (Cnpir).

Segundo informou a presidente do Sindjornal, Valdice Gomes, o objetivo é capacitar os jornalistas integrantes da comissão por meio do aprofundamento e atualização em torno do Estatuto da Igualdade Racial, um documento que traz para o mundo jurídico o instituto das ações afirmativas, especialmente, o capítulo que trata dos meios de comunicação. “O estatuto representa um avanço no que se refere às políticas de igualdade racial para a população negra. Mas, poucos brasileiros conhecem o seu teor”, destacou.
Antes da palestra, os integrantes da Cojira se reúnem para discutir entre outros pontos de pauta, como: uma visita às redações para divulgar o Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento, lançado pelo Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio e Janeiro, que tem como finalidade estimular a produção de conteúdos jornalísticos que contribuam para a prevenção, combate e eliminação de todas as formas de manifestação do racismo e discriminação racial.
A iniciativa também visa incentivar a discussão de medidas de combate às desigualdades etnicorraciais no Brasil, com destaque para a população negra, em todos os veículos de comunicação (jornal, revista, televisão, rádio e internet). Também estará em discussão o Curso Gênero, Raça e Etnia para jornalistas, que acontecerá em oito capitais, entre elas Maceió. O evento é uma parceria da Fenaj com a ONU Mulheres, a entidade das Nações Unidas pra a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres.
A Cojira-AL tem como objetivo contribuir para o debate e a reflexão sobre a realidade dos cidadãos afro-descendentes e os mecanismos utilizados pelos meios de comunicação ao abordar as temáticas relacionadas à causa negra. Interligada ao Sindjornal, a comissão existe desde novembro de 2007. Foi o primeiro núcleo do Nordeste a trabalhar as questões étnico-raciais no movimento sindical da categoria. Desde então, vem contribuindo na interlocução entre o movimento negro e a mídia alagoana.
Fonte: COJIRA-AL
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. 17 de julho de 2011 às 23:39

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: