Inicial > APN's, Cojira-AL, Movimento negro, Notícias e política > Coluna Axé divulga ações dos APNs

Coluna Axé divulga ações dos APNs

Juventude APNs fortalecida

 Atuantes na história foi o lema do 1º Encontro Nacional da Juventude dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) de 14 a 17 de julho, na cidade de Campinas (SP). Estiveram presentes 40 representantes juvenis do meio rural e urbano, oriundas dos estados de Alagoas, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Tocantins e São Paulo. A programação foi extensa, iniciando com um passeio étnico no dia do aniversário da cidade (237 anos), onde foram apresentados as sete maravilhas escolhidas pelos campineiros e outros pontos turísticos, além da explanação sobre ícones negros (Francisco Glicério, José Paulino, Bento Quirino, Antônio Cesariano e Carlos Gomes). Teve uma caminhada e a entrega de um manifesto contra o genocídio e o extermínio da juventude negra brasileira, a ação foi parada várias vezes por policiais militares que tentaram impedir a liberdade de expressão; também foram realizadas oficinas culturais e grupos de trabalho. De acordo com a Carta divulgada pelos participantes no site da entidade, www.apnsbrasil.org, foram destacadas como prioridades: Reivindicar dos gestores na área da educação a aplicabilidade da Lei 10.639/03, inclusive, todos os mocambos realizarão uma grande Mobilização Estudantil Nacional no Dia do Estudante para alertar a sociedade sobre o combate do racismo na escola e a necessidade de propagar as heranças africanas; participar efetivamente das Conferências da Juventude, Mulher, Saúde e Educação; na criação de espaços de discussão e formação; dentre outras ações. Esse evento contribuiu para a formação de lideranças jovens, para que ajudem na mobilização de seus núcleos de base (mocambos) no combate do racismo e outras formas de preconceito, além de serem mais conscientes e lutarem por seus direitos. Axé!

 

Juventude

Começou o processo de articulação para as etapas municipais e estaduais da 2ª Conferência Nacional da Juventude prevista para 9 a 12 de dezembro em Brasília. E a juventude negra tem que estar presente para evidenciar as inúmeras adversidades sócio-culturais e econômicas enfrentadas cotidianamente, além de reivindicar maior investimento em políticas públicas. Os APNs saíram na frente nas discussões e outras entidades do movimento negro devem investir em reuniões específicas sobre esta temática, pois, somente com jovens conscientes será possível transformar a sociedade! (Crédito da foto: João Carlos Pio/Cortesia)

Formação

De 18 a 24 de julho, os APNs realizam outra importante atividade: a Escola Nacional de Formação em São Paulo (SP), com o objetivo de capacitar as lideranças estaduais. Os assuntos abordados são: Globalização e as Questões Étnicorraciais; História dos APNs no Brasil; O Movimento Negro e o Estado; Negro, Política e Poder; Ações Afirmativas e Comunidades Tradicionais; Racismo no Brasil; Política de Segurança Alimentar no Brasil. As aulas serão ministradas por ativistas experientes e professores universitários comprometidos no combate do racismo e que se dedicam às pesquisas sobre a questão étnicorracial.

Fonte: Coluna Axé – jornal Tribuna Independente – nº 159 (19.07.11)

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: