Inicial > Anajô, APN's > Alagoas participa do Seminário de Abertura do Ano Nacional da Mulher APNs

Alagoas participa do Seminário de Abertura do Ano Nacional da Mulher APNs

14 de fevereiro de 2012 Deixe um comentário Go to comments
Nos dias 10 e 11 de fevereiro, ocorreu na cidade de São Leopoldo (RS) o Seminário “Mulheres Negras: Resistência e Soberania de uma Raça” e a abertura oficial do Ano Nacional da Mulher APNs. A atividade foi coordenada pelo Grupo Cultural Anastácia Ominira – entidade vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) – e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, da Secretaria de Segurança e da Coordenadoria da Mulher.
Estavam presentes representantes dos Estados de Alagoas, São Paulo, Maranhão, Minas Gerais, Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, além de educadores, gestores municipais, vereadores, representante da ONG Palmares e do Conselho Tutelar.
De Alagoas, estiveram presentes a jornalista Helciane Angélica (Mocambo Anajô-APN/AL), que acompanhou a médica ginecologista e vereadora por Maceió, Fátima Santiago (PP), uma das facilitadoras do grupo de trabalho sobre “Fortalecimento da Mulher na Política e Poder”. A parlamentar repassou suas experiências e destacou projetos de Lei da sua autoria, além de relatar as dificuldades enfrentadas ao longo dos três mandatos e a atuação em comunidades carentes para a prevenção do câncer do colo de útero e de mama.
Debate
Foram discutidas as estratégias de atuação e formação sócio-política sobre as questões étnicorraciais e de gênero, protagonismo das jovens negras e a participação nos espaços de poder. Dentre as propostas apresentadas estiveram: investir na formação política nas bases; seminário sobre a saúde da mulher negra; fortalecer a organização das jovens; construir quadros políticos no Brasil inteiro.
Para a Assessora da Mulher dos APNs, Rose Torquato, o ano de 2012 será muito especial para a entidade nacional e na defesa do desenvolvimento de políticas públicas destinadas às mulheres negras. “Eu comparo os APNs a uma árvore, que tem raízes fortes e se espalhou por esse país afora. Ser agente de pastoral negro é ser uma só família, e ser pastoral é o mesmo que cuidar dos outros, e essa é uma relação que veio da África. E o ano nacional da mulher APNs é para incentivar e mostrar que a mulher negra tem que mostrar o seu poder em qualquer lugar que esteja, seja dentro de casa, na comunidade, no trabalho, no sindicato e no partido político“, exaltou.
Ao longo desse ano, todos os mocambos deverão realizar atividades de formação e sócio-políticas na área de gênero e etnia, além dos encontros estaduais. As ações serão avaliadas no 6º Encontro Nacional da Mulher APNs, nos dias 15 a 17 de novembro, no Rio de Janeiro.
Outras atividades
Ainda teve na programação, a visita de cortesia na Câmara de Vereadores de São Leopoldo e a audiência no Gabinete do Prefeito Ary José Vanazzi. E o desfile do bloco carnavalesco “Filhos de Anastácia”, que existe há três anos, teve como samba-enredo 2012: “Anastácias, mulheres guerreiras”, escrito por Negro Izolino, cantor e compositor que faz músicas para escolas de samba desde 1980. O bloco afro animou a comunidade do bairro do Rio Branco e integrantes dos APNs. Confira outras informações no site: www.apnsbrasil.org.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: