Arquivo

Posts Tagged ‘Aniversário’

Anajô completa sete anos de atuação

29 de dezembro de 2012 Deixe um comentário
Por: Helcias Pereira
Hoje fazem sete anos que o ANAJÔ foi oficialmente anunciado como CENTRO DE CULTURA E ESTUDOS ÉTNICOS. Durante esse tempo, esta ONG AFRO-AMERÍNDIA procurou fazer seu papel, fomentando a formação política entre seus membros e amigos com o apoio de pesquisadores e personalidades parceiras, realizando várias ações sócio-culturais, criando e executando o Projeto PALMARES IN LOCO na Serra da Barriga, interagindo com a Pastoral da Negritude e COJIRA-AL o Projeto TAMBOR FALANTE, acompanhando e trabalhando na inauguração do PMQP, debatendo sobre a Serra da Barriga junto ao MN e a FCP/MINC, visitando CRQs, fazendo vídeo-fórum em escolas, propondo politicas públicas, fomentando a união do MN de Alagoas, celebrando com alegria ao ter seus membros homenageados Comendadores (deiras) na Câmara Municipal de Maceió; Filiando-se a entidade nacional Agentes de Pastoral Negros – APNs, inclusive com dois de seus membros eleitos para integrarem a Coordenação Nacional, vendo dois de seus diretores sendo reconhecidos nacionalmente (APNs e FENAJ/CONAJIRA) ao ocuparem vagas titulares no CONSELHO NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL – CNPIR/SEPPIR. e ainda, ser sujeito da histórias junto a vários malungos e malungas com a articulação da FRENTE ALAGOANA DE APOIO A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL que vai ser oficialmente constituída na data emblemática de 06 de fevereiro na Serra da Barriga, bem como, a aprovação para crianção do CONSELHO ESTADUAL DA IGUALDADE RACIAL DO ESTADO DE ALAGOAS. ou seja: Motivos suficientes para celebrar e dizer: Valeu malungos e malungas queridas…. VALEU ZUMBI! a luta continua!
Hoje fazem sete anos que o ANAJÔ foi oficialmente anunciado como CENTRO DE CULTURA E ESTUDOS ÉTNICOS. Durante esse tempo, esta ONG AFRO-AMERÍNDIA procurou fazer seu papel, fomentando a formação política entre seus membros e amigos com o apoio de pesquisadores e personalidades parceiras, realizando várias ações sócio-culturais, criando e executando o Projeto  PALMARES IN LOCO na Serra da Barriga, interagindo com a Pastoral da Negritude e COJIRA-AL o Projeto TAMBOR FALANTE, acompanhando e trabalhando na inauguração do PMQP, debatendo sobre a Serra da Barriga junto ao MN e a FCP/MINC, visitando CRQs, fazendo vídeo-fórum em escolas, propondo politicas públicas, fomentando a união do MN de Alagoas, celebrando com alegria ao ter seus membros homenageados Comendadores (deiras) na Câmara Municipal de Maceió; Filiando-se a entidade nacional Agentes de Pastoral Negros - APNs, inclusive com dois de seus membros eleitos para integrarem a Coordenação Nacional, vendo dois de seus diretores sendo reconhecidos nacionalmente (APNs e FENAJ/CONAJIRA) ao ocuparem vagas titulares no CONSELHO NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL - CNPIR/SEPPIR. e ainda, ser sujeito da histórias junto a vários malungos e malungas com a articulação da FRENTE ALAGOANA DE APOIO A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL que vai ser oficialmente constituída na data emblemática de 06 de fevereiro na Serra da Barriga, bem como, a aprovação para crianção do CONSELHO ESTADUAL DA IGUALDADE RACIAL DO ESTADO DE ALAGOAS. ou seja: Motivos suficientes para celebrar e dizer: Valeu malungos e malungas queridas.... VALEU ZUMBI! a luta continua!
Hoje fazem sete anos que o ANAJÔ foi oficialmente anunciado como CENTRO DE CULTURA E ESTUDOS ÉTNICOS. Durante esse tempo, esta ONG AFRO-AMERÍNDIA procurou fazer seu papel, fomentando a formação política entre seus membros e amigos com o apoio de pesquisadores e personalidades parceiras, realizando várias ações sócio-culturais, criando e executando o Projeto  PALMARES IN LOCO na Serra da Barriga, interagindo com a Pastoral da Negritude e COJIRA-AL o Projeto TAMBOR FALANTE, acompanhando e trabalhando na inauguração do PMQP, debatendo sobre a Serra da Barriga junto ao MN e a FCP/MINC, visitando CRQs, fazendo vídeo-fórum em escolas, propondo politicas públicas, fomentando a união do MN de Alagoas, celebrando com alegria ao ter seus membros homenageados Comendadores (deiras) na Câmara Municipal de Maceió; Filiando-se a entidade nacional Agentes de Pastoral Negros - APNs, inclusive com dois de seus membros eleitos para integrarem a Coordenação Nacional, vendo dois de seus diretores sendo reconhecidos nacionalmente (APNs e FENAJ/CONAJIRA) ao ocuparem vagas titulares no CONSELHO NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL - CNPIR/SEPPIR. e ainda, ser sujeito da histórias junto a vários malungos e malungas com a articulação da FRENTE ALAGOANA DE APOIO A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL que vai ser oficialmente constituída na data emblemática de 06 de fevereiro na Serra da Barriga, bem como, a aprovação para crianção do CONSELHO ESTADUAL DA IGUALDADE RACIAL DO ESTADO DE ALAGOAS. ou seja: Motivos suficientes para celebrar e dizer: Valeu malungos e malungas queridas.... VALEU ZUMBI! a luta continua!
Hoje fazem sete anos que o ANAJÔ foi oficialmente anunciado como CENTRO DE CULTURA E ESTUDOS ÉTNICOS. Durante esse tempo, esta ONG AFRO-AMERÍNDIA procurou fazer seu papel, fomentando a formação política entre seus membros e amigos com o apoio de pesquisadores e personalidades parceiras, realizando várias ações sócio-culturais, criando e executando o Projeto  PALMARES IN LOCO na Serra da Barriga, interagindo com a Pastoral da Negritude e COJIRA-AL o Projeto TAMBOR FALANTE, acompanhando e trabalhando na inauguração do PMQP, debatendo sobre a Serra da Barriga junto ao MN e a FCP/MINC, visitando CRQs, fazendo vídeo-fórum em escolas, propondo politicas públicas, fomentando a união do MN de Alagoas, celebrando com alegria ao ter seus membros homenageados Comendadores (deiras) na Câmara Municipal de Maceió; Filiando-se a entidade nacional Agentes de Pastoral Negros - APNs, inclusive com dois de seus membros eleitos para integrarem a Coordenação Nacional, vendo dois de seus diretores sendo reconhecidos nacionalmente (APNs e FENAJ/CONAJIRA) ao ocuparem vagas titulares no CONSELHO NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL - CNPIR/SEPPIR. e ainda, ser sujeito da histórias junto a vários malungos e malungas com a articulação da FRENTE ALAGOANA DE APOIO A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL que vai ser oficialmente constituída na data emblemática de 06 de fevereiro na Serra da Barriga, bem como, a aprovação para crianção do CONSELHO ESTADUAL DA IGUALDADE RACIAL DO ESTADO DE ALAGOAS. ou seja: Motivos suficientes para celebrar e dizer: Valeu malungos e malungas queridas.... VALEU ZUMBI! a luta continua!
Hoje fazem sete anos que o ANAJÔ foi oficialmente anunciado como CENTRO DE CULTURA E ESTUDOS ÉTNICOS. Durante esse tempo, esta ONG AFRO-AMERÍNDIA procurou fazer seu papel, fomentando a formação política entre seus membros e amigos com o apoio de pesquisadores e personalidades parceiras, realizando várias ações sócio-culturais, criando e executando o Projeto  PALMARES IN LOCO na Serra da Barriga, interagindo com a Pastoral da Negritude e COJIRA-AL o Projeto TAMBOR FALANTE, acompanhando e trabalhando na inauguração do PMQP, debatendo sobre a Serra da Barriga junto ao MN e a FCP/MINC, visitando CRQs, fazendo vídeo-fórum em escolas, propondo politicas públicas, fomentando a união do MN de Alagoas, celebrando com alegria ao ter seus membros homenageados Comendadores (deiras) na Câmara Municipal de Maceió; Filiando-se a entidade nacional Agentes de Pastoral Negros - APNs, inclusive com dois de seus membros eleitos para integrarem a Coordenação Nacional, vendo dois de seus diretores sendo reconhecidos nacionalmente (APNs e FENAJ/CONAJIRA) ao ocuparem vagas titulares no CONSELHO NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL - CNPIR/SEPPIR. e ainda, ser sujeito da histórias junto a vários malungos e malungas com a articulação da FRENTE ALAGOANA DE APOIO A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL que vai ser oficialmente constituída na data emblemática de 06 de fevereiro na Serra da Barriga, bem como, a aprovação para crianção do CONSELHO ESTADUAL DA IGUALDADE RACIAL DO ESTADO DE ALAGOAS. ou seja: Motivos suficientes para celebrar e dizer: Valeu malungos e malungas queridas.... VALEU ZUMBI! a luta continua!
Hoje fazem sete anos que o ANAJÔ foi oficialmente anunciado como CENTRO DE CULTURA E ESTUDOS ÉTNICOS. Durante esse tempo, esta ONG AFRO-AMERÍNDIA procurou fazer seu papel, fomentando a formação política entre seus membros e amigos com o apoio de pesquisadores e personalidades parceiras, realizando várias ações sócio-culturais, criando e executando o Projeto  PALMARES IN LOCO na Serra da Barriga, interagindo com a Pastoral da Negritude e COJIRA-AL o Projeto TAMBOR FALANTE, acompanhando e trabalhando na inauguração do PMQP, debatendo sobre a Serra da Barriga junto ao MN e a FCP/MINC, visitando CRQs, fazendo vídeo-fórum em escolas, propondo politicas públicas, fomentando a união do MN de Alagoas, celebrando com alegria ao ter seus membros homenageados Comendadores (deiras) na Câmara Municipal de Maceió; Filiando-se a entidade nacional Agentes de Pastoral Negros - APNs, inclusive com dois de seus membros eleitos para integrarem a Coordenação Nacional, vendo dois de seus diretores sendo reconhecidos nacionalmente (APNs e FENAJ/CONAJIRA) ao ocuparem vagas titulares no CONSELHO NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL - CNPIR/SEPPIR. e ainda, ser sujeito da histórias junto a vários malungos e malungas com a articulação da FRENTE ALAGOANA DE APOIO A PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL que vai ser oficialmente constituída na data emblemática de 06 de fevereiro na Serra da Barriga, bem como, a aprovação para crianção do CONSELHO ESTADUAL DA IGUALDADE RACIAL DO ESTADO DE ALAGOAS. ou seja: Motivos suficientes para celebrar e dizer: Valeu malungos e malungas queridas.... VALEU ZUMBI! a luta continua!

COJIRA-AL completa três anos

24 de novembro de 2010 Deixe um comentário

O Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô – mocambo estadual dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) – parabeniza a Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial de Alagoas (COJIRA-AL) pelos três anos de atuação em nosso Estado que completa hoje (24 de novembro).

Parabéns malungos e malungas (companheiros de luta), pela dedicação, compromisso social e pelas contribuições na visibilidade das questões étnicorraciais e das ações político-culturais do movimento social negro.

Vocês são nossos guerreiros e guerreiras da atualidade! São nossos representantes na mídia e tem contribuído para a abertura de espaços nos veículos de comunicação. Parabéns pela Coluna Axé, Informes Afros, Cobertura jornalística dos eventos, a retrospectiva afro-alagoana e recentemente pelo Encarte Afro “AXÉ!” publicado no jornal Tribuna Independente, no Dia Nacional da Consciência Negra deste ano.

Vida longa ao grupo!

“Olorum Kolofé Axé!” (Deus te abençoe e te dê força)

 

ANAJÔ/APN-AL