Arquivo

Posts Tagged ‘Câmara Municipal de Maceió’

Nota de Repúdio do Movimento Negro Alagoano

1 de março de 2021 Deixe um comentário

No dia 21 de janeiro de 2021, Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, Maceió acordou com o nome da Praça Dandara dos Palmares, no Diário Oficial, sendo substituída para Praça Nossa Senhora da Rosa Mística. A iniciativa se tratava do Projeto de Lei nº 7.473, de autoria do vereador Luciano Marinho, que demonstra racismo e descaso com a história do povo negro alagoano.

A praça, localizada no bairro da Jatiúca, recebeu o nome de Dandara dos Palmares, após a sanção da Lei Municipal nº 4.423/95 e desde a sua criação, há 25 anos, é tida como espaço de reconhecimento da trajetória de líderes negros.


Após várias mobilizações do Movimento Negro e da apresentação de queixa por parte do Instituto do Negro de Alagoas (INEG-Al), junto ao Ministério Público Estadual de Alagoas, no mesmo dia em que ocorreu a ação arbitrária de mudança de nome, dia 21 de janeiro, o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (JHC),
ouviu a queixa do movimento negro e tornou sem efeito a sanção da lei que alteraria o nome da Praça Dandara dos Palmares.


Na persistência de apagamento da nossa história, no dia 24 de fevereiro de 2021, o Movimento Negro de Alagoas recebe a notícia de mais um ataque. O vereador Leonardo Dias encabeça a proposta de mudança de nome da Praça
Dandara dos Palmares, acrescentando a mudança de local. E, novamente, sem o consentimento e consulta pública junto ao Movimento Negro e a sociedade civil.

É inaceitável essa postura de imposição de poder, confirmando o racismo estrutural e institucional. Queremos respeito ao patrimônio histórico-cultural por toda luta e resistência contra a escravidão que Dandara representa, sendo uma líder emblemática do Quilombo dos Palmares. Cabe ressaltar que estamos buscando garantir nossos direitos e a preservação da nossa história. Para tanto, estamos unidos enquanto movimento negro; o Fórum Afro de Maceió, no dia 27 de janeiro, esteve em reunião com a presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), Mirian Monte, para discutir e apresentar pautas, visando a relevância de uma calendário municipal de valorização permanente da tradição da cultura negra, ressaltando a ocupação com a realização de atividades na Praça Dandara, bem como em outros espaços públicos.

Também, estamos reivindicando, junto ao Legislativo Municipal, a manutenção do nome e local original, da Praça Dandara dos Palmares, quando tivemos no último dia 24 de fevereiro, reunião com a vereadora Teca Nelma, que
demonstrou apoio a causa, se disponibilizando a fortalecer ações para a população negra, ao exemplo da realização de uma audiência pública. A luta pela garantia do nome da praça está atrelada à cobrança pela revitalização e preservação dos espaços da memória preta da cidade. E, chamamos atenção para a necessidade de mais políticos comprometidos em manter o patrimônio histórico e negro vivo, afinal a Câmara de Maceió é composta por 25 vereadores eleitos, além dos quadros que compõem o governo.

É fundamental reconhecer a importância de quem fez e faz esse país, para que as próximas gerações não reproduzam a lógica colonial racista. Portanto, não vamos nos calar! Não vamos aceitar que sejamos deslegitimados! A Praça Dandara Resiste, Ontem, Hoje e Sempre!

Assinam esta Nota de Repúdio:

  1. Abadá Capoeira
  2. Abassá de Angola oyá Igbale
  3. Afoxé Ofá Omin
  4. Afoxé Oju Omim Omorewá
  5. Aliança Nacional LGBTI+
  6. Associação Àdapo da Comunidade Muquém de Remanescentes Quilombolas de União dos
    Palmares/AL
  7. Associação Cultural Capoeira Tradição
  8. Associação Cultural Meu Berimbau tem Vida
  9. Associação de Negras e Negros da UFAL – ANU
  10. Bancada Negra
  11. Banda Afro Afoxé
  12. Banda Afro Dendê
  13. Banda Afro Mandela
  14. Banda Afro Zumbi
  15. Batuque Empreendimentos
  16. Bloco Sururu da Lama
  17. Capoeira Zuavos
  18. Centro Cultural Bobo Gaiato
  19. Centro de Cultura e Estudos Étnicos ANAJÔ (APNs-AL)
  20. Centro de Educação Popular e Cidadania Zumbi dos Palmares – CEPEC
  21. Centro de Estudos e Pesquisa Afro Alagoana Quilombo
  22. Centro de Formação Social Inaê
  23. Cia. De Teatro e Dança Afro Aiê Orum
  24. Coletivo Afro Caeté
  25. Coletivo Cia Hip-Hop de Alagoas
  26. Coletivo de Apoio às Trabalhadoras e Trabalhadores – CATT
  27. Coletivo O “Quê” do Movimento
  28. Comissão de Defesa da Promoção da Igualdade Social OAB/AL
  29. Comissão de Jornalistas Pela Igualdade Racial (Cojira /Sindjornal)
  30. Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial de Alagoas – CONEPIR
  31. Coordenação Estadual de CRQs de Alagoas Ganga-Zumba
  32. Coordenação Feminina Quilombolas de Alagoas – As DANDARAS
  33. Dagô Produções
  34. Formmer Afro
    35.Fórum Afro de Maceió
  35. Fórum de Saúde Mental de Maceió
  36. Grupo de Capoeira Águia Negra
  37. Grupo Coração de Mainha
  38. Grupo Gay de Maceió
    40.Grupo Afojuba
  39. Grupo União Espírita Santa Barbara (GUESB)
  40. Grupo Pau e Lata – Palmeira dos Índios
  41. Ilê Axé Ofá Omin
  42. Ilé Alàketú As Asé Shòróké
  43. Ilê Nifé Omi Omo Posú Betá
  44. Ilê Egbé Àfàsókè Atílẹ́hìn Vodun Azírí
  45. Instituição Sócio cultural Acauã Brasil
  46. Instituto do Negro de Alagoas – INEG
  47. Instituto Mãe Preta
  48. Maracatu Baque Alagoano
  49. Maracatu Raízes e Tradições
  50. Massapê Corpo e Movimento
  51. Movimento dos Povos das Lagoas
  52. Movimenta Palmares
  53. Museu Cultura Periférica
  54. Negra-Mina Diversidade e Inclusão
  55. Núcleo de Cultura Afro Brasileira Iyá Ogunté
  56. ONG Ateliê Ambrosina
  57. ONG Axé Tribal
  58. ONG Patacuri Cultura e Formação
  59. Papo de Periferia
  60. Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro
  61. Ponto de Cultura Quilombo Cultural dos Orixás
  62. Projeto Erê
  63. Quilombo de Capoeira Pôr do Sol dos Palmares
  64. Rede CENAFRO
  65. Rede de Mulheres Negras de Alagoas
  66. Rede Mulheres de Comunidades Tradicionais
  67. Terreiro de Umbanda Aldeia dos Orixás

Anajô é agraciado com comenda na Câmara de Maceió

6 de dezembro de 2017 Deixe um comentário

A manhã do dia 5 de dezembro de 2017 foi mais uma data histórica, no plenário da Câmara Municipal de Maceió, com mais uma sessão solene para a entrega das comendas afros Zumbi dos Palmares e Dandara.

A vereadora Tereza Nelma fez as indicações em reconhecimento às ações em prol da diversidade étnicorracial na capital alagoana, assim como, no combate da discriminação racial e cultural.

Os homenageados foram: o pesquisador Edson Moreira Silva; o contra mestre de capoeira Denivan Costa; o produtor cultural, Amaurício de Jesus; além das instituições, a Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-AL) e o Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô.

A solenidade também contou com a apresentação do Grupo Vocal Afro-Ameríndio, coordenado pelo maestro Jailson Natividade.

Fotos: Carlos Bispo e Helciane Angélica

 

Convite: Entrega da Comenda Dandara

1 de dezembro de 2017 Deixe um comentário

Sessão pública discute capoeira e educação

8 de agosto de 2015 Deixe um comentário

20150807_133850
Integrantes do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô – organização não governamental vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) – estiveram presentes na sessão especial sobre “Capoeira: Educação e as Políticas Públicas”, realizada nessa sexta-feira(07.08), na Câmara Municipal de Maceió. Esse é o quinto consecutivo que a capoeira é abordado na casa parlamentar, uma iniciativa da vereadora Tereza Nelma (Psdb).

Na ocasião, estiveram presentes pesquisadores, gestores públicos, representantes de associações de moradores e instituições do movimento negro alagoano. Da capoeira, participaram das discussões mestres, contra mestres, professores, instrutores e aprendizes de várias idades.

Dentre os grupos de capoeira presentes estavam: Muzenza, Liberdade, Ginga Terapia/Pestalozzi, Escola de Capoeiragem, Raça, Tradição, Viver Capoeira, Candeias, Abadá Capoeira, Coral Nordeste, Filhos de Angola, Arte Brasil e a Associação Cultural Escola Brasil Capoeira.

Confira o registro fotográfico:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Aprovadas moções na Câmara de Maceió contra abordagem policial e racismo institucional

14 de agosto de 2013 Deixe um comentário

Texto e foto: Helciane Angélica – Jornalista

Vereadoras por Maceió: Fátima Santiago e Tereza Nelma
Na sessão ordinária dessa terça-feira (13.08), na Câmara Municipal de Maceió, foram aprovadas duas moções referentes à abordagem policial com ativistas negros no último domingo. As propositoras foram Tereza Nelma (PSDB) e Fátima Santiago (PP), teve o apoio de mais 15 parlamentares que subscreveram os documentos.
A vereadora Tereza Nelma (PSDB) utilizou a tribuna e defendeu a apresentação de uma Moção de Protesto, cobrou apuração imediata e citou o caso do sociólogo Carlos Martins, que no ano passado foi agredido por uma guarnição policial, tendo a casa invadida e móveis destruídos. Logo após, foi observado que tudo não passou de um engano. Ela está preparando um relatório com todos os documentos e reportagens do último caso, que será entregue ao Governador Teotônio Vilela Filho para que tome as devidas providências.
Já Fátima Santiago (PP), apresentou uma Moção de Repúdio à Polícia Militar de Alagoas e no documento afirma que as abordagens desastrosas e opressoras no Estado de Alagoas são recorrentes: “Infelizmente, casos de opressão são constantemente cometidos por policiais e as pessoas têm medo de denunciar, principalmente, moradores da periferia. É importante que se investigue e a punição dos policiais arbitrários. Também é preciso maior investimento quanto à capacitação e condições dignas de trabalho, para garantir uma segurança pública de qualidade e eficiente”, destacou.
Audiências
Os ativistas Franqueline Terto dos Santos e Benedito Jorge Silva Filho – professora universitária e administrador – são da Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro e participam da entidade nacional do movimento negro, os Agentes de Pastoral negros do Brasil (APNs). Ontem, eles dialogaram com o Comandante Geral da PM, Coronel Dimas Cavalcante, que não acredita na existência de racismo e sim no despreparo por parte de alguns membros. Também declarou que 60% da corporação é composta por policiais negros.
Nessa quarta-feira (14.08) será formalizada a denúncia na Corregedoria Geral da PM e no Ministério Público Estadual. O caso foi registrado na Central de Flagrantes da Polícia Civil, está sendo acompanhado pelo advogado Alberto Jorge Ferreira (Betinho), que durante muito tempo foi presidente da Comissão de Defesa das Minorias Étnicas e Sociais, na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AL).

Bastidores: Passeio dos comendadores e comendadeiras

12 de janeiro de 2013 Deixe um comentário

O sábado (12.01.13) foi especial em Maceió, ocorreu um passeio das nove ilhas na lagoa Mundaú. Foi um grande momento de descontração, integração entre lideranças do movimento negro alagoano, contato com a natureza e muito axé!!!

Estiveram presentes os comendadores e comendadeiras, que receberam as comendas Dandara e Zumbi dos Palmares na Câmara Municipal; também foram as vereadoras Fátima Santiago e Heloisa Helena.

O Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô/APNs-AL esteve representado por: Allex Sander Porfírio, Claudio Figueiredo, Helciane Angélica, Helcias Pereira e Valdice Gomes.

Confira algumas imagens.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Presidenta do Anajô é homenageada na Câmara Municipal de Maceió

7 de dezembro de 2012 Deixe um comentário

Filomena Felix

Na manhã dessa sexta-feira (07.12), Filomena Felix Costa – Presidenta do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, entidade do Estado de Alagoas vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) – foi uma das homenageadas na sessão solene realizada na Câmara Municipal de Maceió. A atividade foi promovida pelas vereadoras Fátima Santiago (PP), Heloisa Helena (Psol) e Tereza Nelma (PSDB), que entregaram as comendas Dandara e Zumbi dos Palmares.

Filó recebeu da Vereadora Tereza Nelma a Comenda Dandara – Decreto Legislativo nº 454, de 17 de novembro de 2009 – que é concedida a instituições públicas e privadas, nacionais e locais, assim como a personalidades, inclusive in memorian, em reconhecimento à sua significativa contribuição nas ações relativas a luta pela Diversidade Étnicorracial no âmbito do município de Maceió.

Para a nova comendadeira, essa homenagem representa uma grande responsabilidade. “Essa comenda não só homenageia, como também, nos dar mais responsabilidade e nos diz que estamos no caminho certo. Estou muito feliz  e é ainda mais importante receber enquanto estamos vivos e atuantes, pois é uma verdadeira injeção de ânimo, que estimula a permanecermos na luta e ainda incentiva as pessoas olharem com outros olhos, porque infelizmente muitos só valorizam com títulos“, destacou.

Na ocasião, também foram homenageados os companheiros e companheiras que fazem a Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro – é a única entidade em Alagoas, vinculada a uma igreja evangélica, que realiza a reflexão sobre o negro na Bíblia. Esses são mais integrantes da família APNs agraciados e isso nos honra muito! Axé!

Vereadoras entregam comendas afros nessa sexta-feira

5 de dezembro de 2012 Deixe um comentário

convite-geral

Nessa sexta-feira (07.12) a partir das 9h, no Plenário da Câmara Municipal de Maceió, terá a entrega das comendas Dandara e Zumbi dos Palmares. A sessão solene foi proposta pelas vereadoras Fátima Santiago (PP), Heloisa Helena (Psol) e Tereza Nelma (PSDB).

A comenda Dandara – Decreto Legislativo nº 454, de 17 de novembro de 2009 – deve ser concedida a instituições públicas e privadas, nacionais e locais, assim como a personalidades, inclusive in memorian, em reconhecimento à sua significativa contribuição nas ações relativas a luta pela Diversidade Étnicorracial no âmbito do município de Maceió.

Já a Comenda Zumbi dos Palmares – Resolução nº492, de 9 de agosto de 1998 – deve ser outorgada a personalidade, entidades e instituições que tenham se destacado na luta pelo fim da descriminação cultural, racial e de cor sofrida pelos negros.

Para a médica e vereadora Fátima Santiago, mesmo as comendas sendo entregues fora do mês da consciência negra não perde o seu brilho. “Essa é mais uma importante sessão solene que homenageará personalidades e instituições que lutam cotidianamente contra o racismo, intolerância religiosa e outros preconceitos. Possuem o nosso reconhecimento porque eles não medem esforços para reivindicar políticas de igualdade racial e ainda contribuem para a formação étnica-social e cultural, principalmente, com crianças e adolescentes da periferia de Maceió”, destacou a parlamentar que homenageará cinco agraciados.

Homenageados

As honrarias foram aprovadas, por unanimidade, e serão concedidas para: Ana Paula da Silva Nascimento (Paulinha) – Professora e integrante do Centro de Cultura e Cidadania Malungos do Ilê; Clébio Correia de Araújo – Historiador e Vice-Reitor da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal); Clemente Soares Silva (Tininho) – Coreógrafo e Professor de Dança-afro primitiva; Filomena Felix Costa (Filó) – Produtora Cultural e Presidenta do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô; Josélia Barros Monteiro (Jô) – Pedagoga e Vice Coordenadora Geral do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (Neab) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal); Geraldo José da Silva (Mestre Geraldo) – Professor e Coordenador do Grupo Folclórico Axé Zumbi; Maria Aparecida Batista de Oliveira – Filósofa e ativista do Movimento de Mulheres; e a Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro, que é a única entidade em Alagoas, vinculada a uma igreja evangélica, que realiza a reflexão sobre o negro na Bíblia.

SERVIÇO

Entrega das comendas Dandara e Zumbi dos Palmares

Quando: 07 de dezembro de 2012 (sexta-feira)

Hora: 9h

Local: Plenário da Câmara Municipal de Maceió – Praça Marechal Deodoro, 376, Centro. Maceió-AL

Aberto ao público!

Contatos: (82) 8831.3231 / 9984.2063

 

Fonte: Ascom Vereadora Fátima Santiago

Audiência pública sobre mortes dos jovens em Maceió

8 de julho de 2012 Deixe um comentário

Bastidores: Entrega das comendas Dandara e Zumbi dos Palmares

31 de maio de 2012 1 comentário

Confira algumas imagens da sessão solene realizada no dia 25 de maio de 2012, no Plenário da Câmara Municipal de Maceió, onde foram homenageados cinco membros do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô e a entidade nacional dos movimento negro, os Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs).

Este slideshow necessita de JavaScript.