Arquivo

Posts Tagged ‘falecimento’

HOMENAGEM A ABDIAS NASCIMENTO‏

27 de maio de 2011 Deixe um comentário

FILHOS DE N´ZAMBI

N´Zambi sabe a luta do povo de palmares,

Dos sonhos de Aqualtune

Ao atravessar os mares,

Dos guerreiros que sonharam

Com o apogeu da liberdade.

Desde Dambrabanga à Amaro,

Sabalangá a Subupira,

Ozenga que seria atalho,

A Cucaú zona de ira.

E nas bandas do Sumidouro,

Onde se ouvia os adulfes,

Das armadilhas de Andalaquituche

Gritou-se em guerra um só coro.

Viva Ganga-Zumba o rei primeiro,

Cujo sangue reinou hereditário,

Nas veias de Acaiúba e Tocúlo grandes corsários,

Guerreiros que fortaleceram outros guerreiros.

Viva Acotirene que mexe em nossa memória,

Das poucas mulheres que viveram a poliandria,

Dos homens unidos que sustentaram essa história,

Das crianças livres que gozaram essa alegria.

Viva os quilombolas que lutaram até aqui,

Salve os Mocambos antes e ainda resistentes,

Axé para o povo que continua a luta dessa gente,

Viva! Viva, o nosso grande Rei Zumbi!

VIVA OS GUERREIROS TODOS QUE LUTARAM ATÉ A MORTE

QUÃO TÃO GRANDES, FORTES, FIRMARAM-SE ATENTOS

MALUNGOS BALUARTES, PRIMÓRDIOS, CONTEMPORÂNEOS

DESDE OS GANGAS DE PALMARES À ABDIAS NASCIMENTO.

AXÉ MALUNGOS!

Helcias Roberto Paulino Pereira

Ativista Negro Alagono / Mocambo ANAJÔ

Arte-Educador do Centro de Educação Ambiental São Bartolomeu – CEASB

Coord. NacIonal de Formação dos APNs do Brasil

Conselheiro do CNPIR / SEPPIR

Nota de pesar pelo falecimento de Abdias do Nascimento

26 de maio de 2011 Deixe um comentário

Ao manifestar seu pesar pela morte de Abdias do Nascimento poeta, artística plástico, jornalista, ator, diretor teatral, ex-senador da República e principal ícone vivo do Movimento Negro brasileiro,, ocorrida na manhã desta terça-feira, 24,no Rio de Janeiro, os Agentes de Pastoral Negros do Brasil-APNs eleva a Deus uma prece em favor deste grande líder da luta contra o racismo e um dos maiores expoentes da política de ações afirmativas no Brasil e no Exterior chamado agora a participar da glória da Ressurreição. Depois de voltar do exílio, em 1.978, entrou na vida política, onde se elegeu deputado Federal de 1.983 a 1.987, e senador da República, de 1.997 a 1999, pelo PDT.

Foi um dos incentivadores da criação do Movimento Negro Unificado, em 1.978. É Doutor Honoris Causa pela Universidade de Brasília e autor de vários livros, entre os quais “Sortilégio”, “Dramas para Negros e Prólogo para Brancos” e “O Negro Revoltado”.

Foi professor Benemérito da Universidade do Estado de Nova York e Doutor Honoris Causa também pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Neste momento de tristeza e de dor, mas também de esperança, fazemos chegar nossa solidariedade à Elisa Larkin, sua esposa e aos filhos e familiares bem como aos membros do PDT Afro, que pranteiam sua morte.

Anime-nos a todos a palavra do Evangelho: “Se o grão de trigo que cai na terra não morre, fica só. Mas, se morre, produz muito fruto” (Jo 12,24).

São Paulo, 24 de maio de 2011

Nuno Coelho
Coordenador Nacional dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil – APNs
 
 
Fonte: http://apnsbrasil.org/