Arquivo

Posts Tagged ‘mulher negra’

Anajô/APNs na Kizomba das Mulheres Negras

29 de outubro de 2015 Deixe um comentário

O Comitê Impulsor da Marcha das Mulheres Negras no Estado de Alagoas promoveu  nessa quarta-feira(28.10), a “Kizomba das Mulheres Negras”, na Orákulo Chopperia localizada no bairro do Jaraguá em Maceió.DSC04230

Integrantes do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô/Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) marcaram presença na atividade, e também, estiveram envolvidas na organização. Foi momento de celebração, renovação da luta e exaltação do trabalho de grupos afroculturais locais.

O evento contou com a apresentação do Afoxé Povo De Exú; Coletivo Afro Caeté; Afoxé Oju Omim Omorewá; Banda Afro Mandela; Banda Afro Zumbi; Banda Afro Afoxé; Grupo Segura O Coco; Mel Nascimento & Malacada; Grupo Cadência; além de Igbonan Rocha & Samba de Nêgo com as participações especiais de Luana Costa, Carla Araújo, Ismair Martins e Janaina Martins.

O comitê impulsor alagoano já conseguiu dois ônibus para levar a comitiva alagoana até a Marcha das Mulheres Negras 2015, que acontecerá no dia 18 de novembro em Brasília. E agora, o recurso arrecadado com a comercialização dos ingressos será revertido para quitar as despesas com alimentação e alojamento.

Saiba mais: http://www.marchadasmulheresnegras.com/

Participe da Kizomba das Mulheres Negras

27 de outubro de 2015 Deixe um comentário

kizomba

Registro fotográfico – Xirê de Malung@s

23 de maio de 2015 Deixe um comentário

No dia 21 de maio, na Igreja Batista do Pinheiro em Maceió, ocorreu o Xirê de Malung@s (Encontro de companheiros/as de luta) sobre a importância e articulação da Marcha Nacional de Mulheres Negras. A atividade foi uma realização do Centro de Cultura e Estudos Énticos Anajô/APNs, Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial em Alagoas (Cojira-AL/Sindjornal), Pastoral da Negritude e o grupo Flor de Manacá.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Xirê de Malung@s sobre a Marcha Nacional das Mulheres Negras

20 de maio de 2015 Deixe um comentário

xirê.convite

Xirê de Malung@s

21 de março de 2015 Deixe um comentário

No dia 20 de março de 2015, os Agentes de Pastoral Negros do Brasil em Alagoas (Apns/AL) intensificaram o debate sobre a Marcha Nacional das Mulheres Negras, através da leitura do manifesto e assistindo vídeos temáticos.

Também foram discutidas estratégias de mobilização, em conjunto com outros grupos, para destacar a importância desse ato que acontecerá no dia 18 de novembro em Brasília.

Estamos em marcha contra o racismo e machismo. Lutamos por respeito, dignidade e bem viver!

Saiba mais: http://www.2015marchamulheresnegras.com.br/

Este slideshow necessita de JavaScript.

Seminário sobre mulheres negras

28 de julho de 2014 Deixe um comentário

cartaz.seminário

8º Tambor Falante

27 de julho de 2014 Deixe um comentário

Nesse sábado(26.07) ocorreu a oitava edição do projeto Tambor Falante, com o tema “Empoderamento da Mulher Negra”.  Foi no bar “O bom da charque” localizado no bairro do Trapiche em Maceió. As facilitadoras foram: a professora e pesquisadora, Angela Brito e a jornalista Valdice Gomes.

Os temas já discutidos foram: “A importância da Lei 10.639/03”; “Questões raciais e de gênero”; “Intolerância religiosa; Censo 2010 – Assuma a sua negritude!”; “Censo 2010 – Negritude e Periferia”; “Racismo e Homofobia na atual conjuntura”; e “As raízes africanas na História de Alagoas”.

Essa é uma importante iniciativa do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô – entidade vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) – busca a formação e integração entre membros do movimento negro.

Confira o registro fotográfico:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cartão especial – Dia Internacional da Mulher

8 de março de 2012 Deixe um comentário

Alagoas participa do Seminário de Abertura do Ano Nacional da Mulher APNs

14 de fevereiro de 2012 Deixe um comentário
Nos dias 10 e 11 de fevereiro, ocorreu na cidade de São Leopoldo (RS) o Seminário “Mulheres Negras: Resistência e Soberania de uma Raça” e a abertura oficial do Ano Nacional da Mulher APNs. A atividade foi coordenada pelo Grupo Cultural Anastácia Ominira – entidade vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) – e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, da Secretaria de Segurança e da Coordenadoria da Mulher.
Estavam presentes representantes dos Estados de Alagoas, São Paulo, Maranhão, Minas Gerais, Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, além de educadores, gestores municipais, vereadores, representante da ONG Palmares e do Conselho Tutelar.
De Alagoas, estiveram presentes a jornalista Helciane Angélica (Mocambo Anajô-APN/AL), que acompanhou a médica ginecologista e vereadora por Maceió, Fátima Santiago (PP), uma das facilitadoras do grupo de trabalho sobre “Fortalecimento da Mulher na Política e Poder”. A parlamentar repassou suas experiências e destacou projetos de Lei da sua autoria, além de relatar as dificuldades enfrentadas ao longo dos três mandatos e a atuação em comunidades carentes para a prevenção do câncer do colo de útero e de mama.
Debate
Foram discutidas as estratégias de atuação e formação sócio-política sobre as questões étnicorraciais e de gênero, protagonismo das jovens negras e a participação nos espaços de poder. Dentre as propostas apresentadas estiveram: investir na formação política nas bases; seminário sobre a saúde da mulher negra; fortalecer a organização das jovens; construir quadros políticos no Brasil inteiro.
Para a Assessora da Mulher dos APNs, Rose Torquato, o ano de 2012 será muito especial para a entidade nacional e na defesa do desenvolvimento de políticas públicas destinadas às mulheres negras. “Eu comparo os APNs a uma árvore, que tem raízes fortes e se espalhou por esse país afora. Ser agente de pastoral negro é ser uma só família, e ser pastoral é o mesmo que cuidar dos outros, e essa é uma relação que veio da África. E o ano nacional da mulher APNs é para incentivar e mostrar que a mulher negra tem que mostrar o seu poder em qualquer lugar que esteja, seja dentro de casa, na comunidade, no trabalho, no sindicato e no partido político“, exaltou.
Ao longo desse ano, todos os mocambos deverão realizar atividades de formação e sócio-políticas na área de gênero e etnia, além dos encontros estaduais. As ações serão avaliadas no 6º Encontro Nacional da Mulher APNs, nos dias 15 a 17 de novembro, no Rio de Janeiro.
Outras atividades
Ainda teve na programação, a visita de cortesia na Câmara de Vereadores de São Leopoldo e a audiência no Gabinete do Prefeito Ary José Vanazzi. E o desfile do bloco carnavalesco “Filhos de Anastácia”, que existe há três anos, teve como samba-enredo 2012: “Anastácias, mulheres guerreiras”, escrito por Negro Izolino, cantor e compositor que faz músicas para escolas de samba desde 1980. O bloco afro animou a comunidade do bairro do Rio Branco e integrantes dos APNs. Confira outras informações no site: www.apnsbrasil.org.

Este slideshow necessita de JavaScript.