Arquivo

Posts Tagged ‘Valdice Gomes’

Anajô tem cinco homenageados na Câmara Municipal de Maceió

21 de maio de 2012 Deixe um comentário

 

Integrantes dos APNs são homenageadas em Alagoas

31 de março de 2012 Deixe um comentário

A jornalista Valdice Gomes e a médica ginecologista/vereadora Fátima Santiago

Na noite dessa quarta-feira (28.03.12) no imponente Teatro Deodoro em Maceió, ocorreu a entrega do prêmio Selma Bandeira. A atividade foi uma realização da empresa Eventur’s em parceria com a Prefeitura de Maceió, Instituto Zumbi dos Palmares, Sesi e Sebrae.

No mês onde se comemora o Dia Internacional da Mulher (08 de março), foram homenageadas 25 mulheres que contribuem para o desenvolvimento econômico, político e social em prol da igualdade de direitos na sociedade, dentre elas: a médica e ginecologista Fátima Santiago e a jornalista Valdice Gomes, que fazem parte da família dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs).

Para a jornalista e Coordenadora dos APNs-Alagoas, Helciane Angélica, trata-se de uma homenagem justa porque são mulheres que se destacam em suas profissões e são comprometidas com as questões étnicorraciais. “Fiquei muito feliz em prestigiar esse momento, ainda mais, sabendo que nesse universo de mulheres brilhantes que foram selecionadas tiveram duas pessoas que fazem parte dos APNs e contribuem a sua maneira para a igualdade racial em diferentes setores. São duas mulheres encantadoras que a cada dia demonstram seu esforço e competência nos espaços de poder, e merecem o nosso aplauso e incentivo sempre“, destacou.

A premiação recebe o nome de uma mulher forte, Selma Bandeira, que foi médica e deputada estadual na década de 80, atuou pelo fim da violência e na defesa dos direitos humanos. Sua coragem e ousadia fizeram dela um marco e um diferencial pelas causas femininas.

Confira abaixo um resumo sobre a trajetória das nossas malungas homenageadas e outras fotos no blog da Baixinha Helci.

FÁTIMA SANTIAGO

Nasceu em Cabo Verde, país localizado no continente africano, mora no Brasil desde 1975 e foi naturalizada em 1988. É Médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia há 28 anos, pós-graduada em Medicina do Trabalho, além de ter formação em Vídeo-histeroscopia e Diagnóstico Cirúrgico. Há 30 anos, ela desenvolve o trabalho de prevenção do câncer de colo uterino e câncer de mama nas comunidades carentes do Estado. E na área política, é vereadora por Maceió pelo Partido Progressista (PP), encontra-se no terceiro mandato, ocupa a função de 2ª Vice-Presidente na Mesa Diretora da Câmara Municipal e é a única parlamentar negra. Oficializou a sua filiação aos APNs em julho de 2011, na cidade de São Paulo (SP), durante a 1ª etapa da Escola Nacional de Formação.

 

VALDICE GOMES

É natural de Maceió -Alagoas e iniciou no jornalismo em 1979, exerceu as funções de: revisora, repórter da editoria de geral, pauteira e chefe de reportagem; além de atuar na área da assessoria de imprensa, onde prestou serviços à Secretaria Municipal de Saúde de Maceió, ao Fundo de Microcrédito do Governo do Estado (Funcred) e na Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). Atualmente, encontra-se no segundo mandato no Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal), representa a Comissão Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial (Conajira/Fenaj) no Conselho Nacional de Políticas pela Igualdade Racial (CNPIR/Seppir) e faz parte da Diretoria do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, entidade vinculada aos APNs em Alagoas.

Valdice Gomes participa do “Fora de Pauta”

8 de março de 2012 Deixe um comentário

Nessa quinta-feira (08.03), às 20h, terá mais uma edição do projeto “Fora de Pauta”, desta vez, com participação especial da jornalista Valdice Gomes – Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal), Diretora do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô/APNs e integrante do Conselho Nacional de Políticas pela Igualdade Racial (CNPIR/Seppir).

 

O projeto traz a cada semana o debate entre jornalistas, intelectuais, artistas e sociedade em geral a respeito da realidade sócio-política alagoana e brasileira, além de servir como um espaço de bate-papo sobre os bastidores da imprensa e o papel que a mídia representa em nossas vidas.

 

Fonte: Coluna Axé – nº191 – jornal Tribuna Independente (06.03.12)

Anajô/APNs participa do projeto “IZP no Mês da Consciência Negra”

12 de novembro de 2011 1 comentário

Da esquerda para direita: Helcias Pereira, Marcos Guimarães (apresentador do Programa), Valdice Gomes, Zezito Araújo e Vanda Menezes

 

Texto e fotos (dispositivo móvel): Helciane Angélica – Jornalista

 

O Instituto Zumbi dos Palmares (IZP) realizará de 14 a 18 de novembro, a série de programas especiais “IZP no Mês da Consciência Negra”, sendo veiculado pela Educativa FM das 8 às 9 horas e pela Difusora de Alagoas das 13 às 14 horas.

No comando da apresentação estará o jornalista e radialista Marcos Guimarães, e a cada dia terá um  tema específico: Educação, Movimentos Negros em Alagoas, Comunidades Quilombolas, Religiões de Matriz Africana e Comunicação e Cultura.

E na última quinta-feira (10.11) ocorreu a gravação do programa que irá ao ar no feriado (15 de novembro). Na pauta, o Encontro Ibero-americano do Ano Internacional dos Afrodescendentes que acontecerá em Salvador (BA), entre os dias 16 e 19 deste mês.

Na gravação, esteve presente parte da comissão que representará Alagoas no encontro: Helcias Pereira, diretor do Anajô e Coordenador Nacional de Formação dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs); Valdice Gomes, integrante do Anajô/APNs e representante da Comissão Nacional de Jornalistas Pela Igualdade Racial (Conajira); Vanda Menezes, Psicóloga e Ex-Secretária Estadual da Mulher; e Zezito Araújo, Historiador e Ex-Secretário Estadual da Sedem (Secretaria de Defesa e Proteção das Minorias) – os dois primeiros integrantes do Conselho Nacional de Políticas para Igualdade Racial (CNPIR/Seppir) e outros como personalidades convidadas.

Para Helcias Pereira, o Encontro Ibero Americano é fruto da luta de várias gerações do movimento negro e a troca de experiências com pessoas de várias partes do Brasil e do exterior, só contribuirá para o fortalecimento das estratégias de ação. E Valdice Gomes, destacou que os principais temas a serem abordados serão: avaliação sobre a Conferência de Durban, Fundo Racial Iberoamericano, além da discussão de experiências exitosas nos mais variados setores no combate do racismo e outros formas de discriminação.

Não perca! Ouça o programa nesta terça-feira (15.11.11), na Rádio Educativa 107,7FM das 8 às 9 horas e pela Difusora de Alagoas 960AM das 13 às 14 horas.

Direção Nacional, em visita ao Presidente da Fundação Palmares, inicia preparativos dos 30 anos.

16 de junho de 2011 Deixe um comentário

Presidente da Palmares, Eloi Ferreira, recebe Nuno Coelho, Helcias Pereira e Valdice Gomes

Na última quarta-feira, 14, Nuno Coelho, coordenador nacional dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil, acompanhado de Helcias Pereira, coordenador nacional de Formação dos APNs e membro do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR/SEPPIR) e Valdice Gomes, conselheira do CNPIR/SEPPIR e membra da Comissão Nacional dos Jornalistas pela Igualdade Racial (CONAJIRA) e dos APNs/AL, estiveram em Brasília, reunidos com Dr. Eloi Ferreira, presidente da Fundação Cultural Palmares.

Na pauta foi tratada a questão dos quilombolas acampados em Muquem e União dos Palmares, desde a última enchente que devastou o estado de Alagoas em junho de 2010 e os preparativos de comemoração dos 30 Anos de fundação dos APNs, que acontecerá em Alagoas em 2013.

A Fundação Cultural Palmares, será uma das principais apoiadoras das comemorações que deverão ocorrer no primeiro semestre de 2013.

Com relação aos Quilombolas, o presidente, afirmou que vai fazer nova visita a região nos próximos dias para verificar in loco, a situação atual das comunidades e intervir na agenda do governo, para acelerar os investimentos na reconstrução das casas e melhoria de vida dos acampados, vitimas das enchentes.

Vereadora de Maceió se reúne com conselheiros do CNPIR

1 de junho de 2011 Deixe um comentário


Na manhã desta terça-feira (31.05) a vereadora por Maceió, Fátima Santiago (PP), recebeu os alagoanos que fazem parte do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR) – que é vinculado à Secretaria de Políticas Públicas para a Igualdade Racial (Seppir) – para um café da manhã em seu gabinete.

O ativista Helcias Pereira e a jornalista Valdice Gomes são conselheiros titulares no biênio 2010-2012 e representam, respectivamente, os Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) e a Comissão Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial (Conajira). O CNPIR é formado por 44 representantes, sendo 22 representantes de órgãos públicos federais e 19 entidades da sociedade civil; tem como finalidade propor, em âmbito nacional, políticas de promoção da Igualdade Racial com ênfase na população negra e outros segmentos raciais e étnicos da população brasileira.

A reunião serviu para os conselheiros repassarem informações importantes sobre as demandas atuais do CNPIR e das entidades que fazem parte, assim como, garantir a parceria da vereadora na execução de políticas públicas na capital alagoana. Uma estratégia de ação importante deve ser a criação de um Conselho Municipal de Políticas para a Igualdade Racial, que irá contribuir para ampliar a discussão e a efetivação de projetos que garantam a valorização da história e cultura afro-brasileira, além de combater o racismo.

Outros pontos abordados no encontro foram: a necessidade de garantir a pavimentação nas praças Ganga Zumba e Zumbi dos Palmares; a participação na Escola Nacional de Formação dos APNs em julho de 2011; participação nas discussões sobre as comunidades quilombolas vítimas das enchentes e a construção das casas encontram-se paralisadas; além dos recursos federais destinados a estrada de acesso à Serra da Barriga que correm o risco de retornarem devido ao atraso da obra.

Fonte: www.fatimasantiago.com

Homenagens marcam aniversário de oito anos da Seppir

24 de março de 2011 Deixe um comentário

 Conselheiros alagoanos do CNPIR/Seppir: Valdice Gomes (CONAJIRA/Fenaj) e Helcias Pereira (APNs) – ao lado da Ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros
  
 
Por: Valdice Gomes – Integrante da Cojira/AL e do Anajô-APN/AL; Conselheira do CNPIR

A celebração do aniversário de oito anos de criação da Secretaria Especial de Promoção de Políticas de Igualdade Racial (Seppir), promovida na última segunda-feira (21 de março), foram marcadas por assinatura de convênio, entrega do Selo Educação para Igualdade Racial, premiação aos vencedores de concurso da Petrobras, lançamento de campanha e uma homenagem especial à professora Petronília Beatriz Gonçalves e Silva. A solenidade ocorrida no subsolo do Bloco A da Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), contou com a presença dos integrantes do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Cnpir), autoridades e representantes do movimento negro.

Um dos momentos mais emocionantes foi quando a ministra de Estado Chefe da Seppir, Luiza Bairros, entregou à gaúcha Petronília Beatriz, primeira mulher a ter assento no Conselho Nacional de Educação, uma placa pelos relevantes serviços prestados ao País. Emocionada e bastante aplaudida, Petronilha destacou que a homenagem representa o reconhecimento à luta silenciosa dos professores negros e negras contra o racismo. No mesmo dia, pela manhã, a professora recebeu das mãos da presidente Dilma Roussef, a Medalha da Ordem Nacional do Mérito.

Luíza Bairros aproveitou o evento para lançar a campanha “Igualdade Racial é pra Valer”, convocando o povo brasileiro para o combate ao racismo. A iniciativa é motivada pelo Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes, instituído em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Ainda durante a solenidade, a Petrobras premiou crianças filhas de funcionários da estatal, vencedoras do concurso As Cores do Saber. Luiza Bairros ainda entregou o Selo Educação para a Igualdade Racial a escolas, secretarias estaduais e municipais de Educação por apresentarem experiências exitosas na aplicação da Lei 10.639.

Também foram assinados protocolos de intenção com a Petrobras para divulgação do Estatuto da Igualdade Racial. Além disso, foi firmado um acordo de cooperação técnica entre a Seppir, o governo do estado do Rio Grande do Sul e o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental da Bacia do Rio Jaguarão (Cideja). O objetivo é garantir ações de apoio ao desenvolvimento das comunidades quilombolas daquele estado, especialmente as contempladas pelos Programas Brasil Quilombola (PBQ) e Territórios da Cidadania (TC).

Conselheiros alagoanos do CNPIR estão em Brasília

21 de março de 2011 1 comentário

Nos dias 21 e 22 de março está acontecendo a primeira reunião do CNPIR da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) em Brasília. Os alagoanos Valdice Gomes e Helcias Pereira são conselheiros tutelares, representam respectivamente, a Comissão Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial (Conajira/Fenaj) e os Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs).  Mas, ambos são diretores do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô.

Por email, eles repassam as informações:

Estivemos hoje (21.03) com a nova equipe da SEPPIR, fomos recebidos no Auditório do Bloco A (térreo) na Esplanada dos Ministérios pelos gestores: Mario Teodoro – Secretário Adjunto da SEPPIR; Srª Ivonete – Secretária de Políticas para as Comunidades Tradicionais; Lucy Goes – Secretária de Planejamento e Srª Aliômona – Secretária de Políticas de Ações Afirmativas.

Pela tarde teremos a presença da Ministra Luiza Bairros durante o 8º aniversário da SEPPIR e o lançamento da Campanha do Ano Internacional dos Afro-descendentes. Na ocasião tambem será feita uma homenagem a Professora Petronilha que por sinal sempre acompanhou de perto a organização dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs).

Dentre os conselheiros presentes estavam: APNs; Federação Nacional das Associações de Pessoas com Doença Falceforme (FENAFAL); Coordenação Nacional de Entidades Negras (CONEN); União Nacional dos Estudantes (UNE); Congresso Nacional Afro-Brasileiro (CNAB); Rede Amazonia Negra (RAN); Comissão Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial (Conajira/Fenaj); Coordenação Nacional das Associações Quilombolas (CONAQ); Articulação de  Mulheres Negras Brasilieras; Povo Cigano; Pastoral Afro-Brasileira (PAB); CEABRA; FUNAI; CUT; Comunidade Judáica.
 
Também estiveram representantes da Secretaria Nacional para Políticas das Mulheres, Ministério das Cidades,  Ministério da Integração Nacional, Ministério da Ciencia e Tecnologia, Ministério das Comunicações, Ministério da Justiça, Secretaria Nacional de Combate a Fome, Ministério do Traballho.
 
Amanhã tem trabalho o dia inteiro para discutir o PPA e linhas de ação da SEPPIR e do CNPIR.

Abraço malung@s!

Valdice Gomes recebe Troféu Guerreiro Quilombola

5 de março de 2011 Deixe um comentário

No dia 31 de março aconteceu a 2ª edição do Festival de Palavras Pretas no Teatro Abelardo Lopes que fica na Galeria Arte Center no bairro da Pajuçara em Maceió. Foi promovido pelo projeto Raízes de África coordenado pela professora e publicitária Arísia Barros.

Na programação ocorreu a entrega do troféu “Honra ao Mérito Guerreiro Quilombola 2010”, uma iniciativa da Comunidade Remanescente Quilombola de Pau D’Arco, município de Arapiraca/AL e o Projeto Raízes de Áfricas para homenagear personalidades alagoanas e parceiros. O troféu foi esculpido pelo professor quilombola Ivan Jorge da Silva, em madeira pinus, e para a comunidade negra é um rito de passagem.

Cerca de 20 pessoas foram agraciadas, dentre elas a jornalista Valdice Gomes. Ela é reconhecida na categoria por sua integridade, profissionalismo, simplicidade e grande parceira que atualmente é Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal), ajudou a fundar a Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (COJIRA-AL) e ainda participa da articulação nacional unindo-se a outros representantes sindicais que atuam nesses coletivos; também faz parte do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô que é vinculado aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs), e recentemente, foi empossada como Conselheira do CNPIR-Seppir em Brasília.

No evento foram lidos vários poemas de autores consagrados e anônimos, inclusive produzidos por negros, sobre diversos assuntos e também que retratavam a cultura afro-brasileira e a beleza negra. 

Foto/Cortesia: Josian Paulino