Arquivo

Posts Tagged ‘Vereadora Fátima Santiago’

Reunião no MPE sobre abordagem policial

15 de agosto de 2013 Deixe um comentário

Na manhã dessa quarta-feira (14.08) um grupo de ativistas e APNs, além da OAB (Advogado Betinho), Pr. Wellington Santos da Igreja Batista do Pinheiro e as vereadoras (Fátima Santiago e Tereza Nelma) estiveram no Núcleo de Direitos Humanos do Ministério Público Estadual. Na ocasião, o Promotor Flavio Gomes responsável pela 61ª Promotoria de Justiça da Capital, ouviu os relatos sobre a abordagem policial no último domingo, que teve abuso de poder e prática de racismo institucional.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Aprovadas moções na Câmara de Maceió contra abordagem policial e racismo institucional

14 de agosto de 2013 Deixe um comentário

Texto e foto: Helciane Angélica – Jornalista

Vereadoras por Maceió: Fátima Santiago e Tereza Nelma
Na sessão ordinária dessa terça-feira (13.08), na Câmara Municipal de Maceió, foram aprovadas duas moções referentes à abordagem policial com ativistas negros no último domingo. As propositoras foram Tereza Nelma (PSDB) e Fátima Santiago (PP), teve o apoio de mais 15 parlamentares que subscreveram os documentos.
A vereadora Tereza Nelma (PSDB) utilizou a tribuna e defendeu a apresentação de uma Moção de Protesto, cobrou apuração imediata e citou o caso do sociólogo Carlos Martins, que no ano passado foi agredido por uma guarnição policial, tendo a casa invadida e móveis destruídos. Logo após, foi observado que tudo não passou de um engano. Ela está preparando um relatório com todos os documentos e reportagens do último caso, que será entregue ao Governador Teotônio Vilela Filho para que tome as devidas providências.
Já Fátima Santiago (PP), apresentou uma Moção de Repúdio à Polícia Militar de Alagoas e no documento afirma que as abordagens desastrosas e opressoras no Estado de Alagoas são recorrentes: “Infelizmente, casos de opressão são constantemente cometidos por policiais e as pessoas têm medo de denunciar, principalmente, moradores da periferia. É importante que se investigue e a punição dos policiais arbitrários. Também é preciso maior investimento quanto à capacitação e condições dignas de trabalho, para garantir uma segurança pública de qualidade e eficiente”, destacou.
Audiências
Os ativistas Franqueline Terto dos Santos e Benedito Jorge Silva Filho – professora universitária e administrador – são da Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro e participam da entidade nacional do movimento negro, os Agentes de Pastoral negros do Brasil (APNs). Ontem, eles dialogaram com o Comandante Geral da PM, Coronel Dimas Cavalcante, que não acredita na existência de racismo e sim no despreparo por parte de alguns membros. Também declarou que 60% da corporação é composta por policiais negros.
Nessa quarta-feira (14.08) será formalizada a denúncia na Corregedoria Geral da PM e no Ministério Público Estadual. O caso foi registrado na Central de Flagrantes da Polícia Civil, está sendo acompanhado pelo advogado Alberto Jorge Ferreira (Betinho), que durante muito tempo foi presidente da Comissão de Defesa das Minorias Étnicas e Sociais, na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AL).

Comissão organizadora realiza reunião de avaliação

15 de maio de 2013 Deixe um comentário

Na noite dessa terça-feira (14.05), na residência do malungo Allex Sander Porfírio, ocorreu  uma reunião de avaliação dos 30 anos dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) executado no período de 1º e 5 de maio, no Estado de Alagoas.

 

Foi um momento importante que discutiu as estratégias de ação durante a preparação do evento, dificuldades enfrentadas, atuação da equipe organizadora, além de definir os pontos positivos e negativos da infraestrutura.

 

Estiveram presentes integrantes do Comitê Estadual de organização, voluntários da equipe de apoio e a vereadora Fátima Santiago que também foi uma das patrocinadoras do evento. Já o coordenador geral da entidade, Nuno Coelho, participou através da internet em tempo real.

 

Confira algumas imagens do encontro:

 

 

 

 

 

 

Vereadoras entregam comendas afros nessa sexta-feira

5 de dezembro de 2012 Deixe um comentário

convite-geral

Nessa sexta-feira (07.12) a partir das 9h, no Plenário da Câmara Municipal de Maceió, terá a entrega das comendas Dandara e Zumbi dos Palmares. A sessão solene foi proposta pelas vereadoras Fátima Santiago (PP), Heloisa Helena (Psol) e Tereza Nelma (PSDB).

A comenda Dandara – Decreto Legislativo nº 454, de 17 de novembro de 2009 – deve ser concedida a instituições públicas e privadas, nacionais e locais, assim como a personalidades, inclusive in memorian, em reconhecimento à sua significativa contribuição nas ações relativas a luta pela Diversidade Étnicorracial no âmbito do município de Maceió.

Já a Comenda Zumbi dos Palmares – Resolução nº492, de 9 de agosto de 1998 – deve ser outorgada a personalidade, entidades e instituições que tenham se destacado na luta pelo fim da descriminação cultural, racial e de cor sofrida pelos negros.

Para a médica e vereadora Fátima Santiago, mesmo as comendas sendo entregues fora do mês da consciência negra não perde o seu brilho. “Essa é mais uma importante sessão solene que homenageará personalidades e instituições que lutam cotidianamente contra o racismo, intolerância religiosa e outros preconceitos. Possuem o nosso reconhecimento porque eles não medem esforços para reivindicar políticas de igualdade racial e ainda contribuem para a formação étnica-social e cultural, principalmente, com crianças e adolescentes da periferia de Maceió”, destacou a parlamentar que homenageará cinco agraciados.

Homenageados

As honrarias foram aprovadas, por unanimidade, e serão concedidas para: Ana Paula da Silva Nascimento (Paulinha) – Professora e integrante do Centro de Cultura e Cidadania Malungos do Ilê; Clébio Correia de Araújo – Historiador e Vice-Reitor da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal); Clemente Soares Silva (Tininho) – Coreógrafo e Professor de Dança-afro primitiva; Filomena Felix Costa (Filó) – Produtora Cultural e Presidenta do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô; Josélia Barros Monteiro (Jô) – Pedagoga e Vice Coordenadora Geral do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (Neab) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal); Geraldo José da Silva (Mestre Geraldo) – Professor e Coordenador do Grupo Folclórico Axé Zumbi; Maria Aparecida Batista de Oliveira – Filósofa e ativista do Movimento de Mulheres; e a Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro, que é a única entidade em Alagoas, vinculada a uma igreja evangélica, que realiza a reflexão sobre o negro na Bíblia.

SERVIÇO

Entrega das comendas Dandara e Zumbi dos Palmares

Quando: 07 de dezembro de 2012 (sexta-feira)

Hora: 9h

Local: Plenário da Câmara Municipal de Maceió – Praça Marechal Deodoro, 376, Centro. Maceió-AL

Aberto ao público!

Contatos: (82) 8831.3231 / 9984.2063

 

Fonte: Ascom Vereadora Fátima Santiago

APNs se destacam em sessão afro na Câmara de Maceió

27 de maio de 2012 Deixe um comentário

Malungos dos APNs com vereadoras

Por: Helciane Angélica – Coordenadora de Comunicação e Mobilização/APNs

 

Nessa sexta-feira (25 de maio) – Dia da África ou Dia da Libertação Africana – foi ainda mais especial na capital alagoana. Aconteceu a sessão solene de outorga das comendas Dandara e Zumbi dos Palmares, na Câmara Municipal de Maceió, proposta pelas vereadoras Fátima Santiago (PP), Silvânia Barbosa (PPS) e Tereza Nelma (PSDB).

Foram homenageadas 17 personalidades que defendem as questões étnicorraciais e a entidade nacional do movimento negro, os Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs). E a entidade ainda teve cinco integrantes do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô (Mocambo Anajô) entre os homenageados, foram eles: Allex Sander Porfírio de Souza (Professor e Economista), Helciane Angélica Santos Pereira (Jornalista), Helcias Roberto Paulino Pereira (Arte-Educador), Severino Claudio de Figueiredo Leite (Professor de Educação Física e Mestre de Capoeira) e Valdice Gomes da Silva (Jornalista).

A solenidade foi marcada por discursos políticos, leitura dos currículos dos novos comendadores e comendadeiras sobre a formação pessoal e sobre os feitos sócio-cultural e políticos em prol da igualdade racial nos mais diversos setores. Também teve decoração afro de Dona Filó Decoração e Eventos; e a apresentação artística de Igbonan Rocha acompanhado pelos músicos China e Altair Roque, que interpretaram grandes clássicos da música afro.

O Coordenador Geral do APNs, Nuno Coelho, foi até Maceió receber pessoalmente a homenagem em nome de todos os malungos e malungas dos 12 Estados que a entidade encontra-se presente. Na ocasião, utilizou a tribuna para agradecer publicamente a homenagem e destacar a importância histórica do Estado de Alagoas onde se desenvolveu o Quilombo dos Palmares e a necessidade da população se apropriar mais das heranças dos guerreiros e guerreiras quilombolas e investir mais no pertencimento étnico-cultural. Também lembro que os APNs celebrará em 2013, os 30 anos de existência nas cidades alagoanas de Maceió e União dos Palmares.

No encerramento todos os APNs presentes no plenário, inclusive, os que foram prestigiar se reuniram para tirar a foto oficial do evento com as vereadoras.

Fonte: www.apnsbrasil.org

Anajô tem cinco homenageados na Câmara Municipal de Maceió

21 de maio de 2012 Deixe um comentário

 

Vereadora apresenta moção de congratulações a Coluna Axé

19 de maio de 2012 Deixe um comentário

Publicação da Cojira-AL completou quatro anos de existência no jornal Tribuna Independente

 

Na sessão ordinária dessa terça-feira (15.05.12), foi lido no plenário da Câmara Municipal de Maceió, o requerimento da Vereadora Fátima Santiago (PP) que defendia uma moção de congratulações à Coluna Axé pelos quatro anos de existência.

Essa é uma das ferramentas de trabalho da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial em Alagoas (Cojira-AL), do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal), em parceria com o jornal Tribuna Independente.  “Trata-se de uma importante iniciativa que destaca a cultura e ações da população negra, que é editada pela jornalista Helciane Angélica desde 2008. Uma profissional comprometida com as questões étnicorraciais e que também tenho orgulho de tê-la incorporada na minha assessoria parlamentar”, exaltou Santiago.

A moção foi comentada pelas vereadoras Tereza Nelma (PSDB) e Heloisa Helena (Psol), que também parabenizaram o trabalho desenvolvido pela Cojira e ainda pediram para subscrever o requerimento.  O documento foi aprovado por unanimidade pelos 18 parlamentares presentes.

Confira abaixo a justificativa do requerimento protocolado:

Coluna Axé é editada pela jornalista Helciane Angélica Santos Pereira – integrante da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial em Alagoas (Cojira-AL/Sindjornal) – e é publicada semanalmente no Jornal Tribuna Independente/Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos do Estado de Alagoas (Jorgraf).

Instalada estrategicamente no dia 13 de maio de 2008, ocupa meia página colorida no formato stand, é preenchida com editorial, notas informativas, curtas e fotos. Busca promover a consciência étnica durante todo o ano e aborda a temática afro nos mais diversos setores, como: educação, cultura, religião, política, esporte, moda, dentre outros.

O 13 de maio é uma data emblemática no Brasil devido a possível libertação das negras e negros escravizados no Período Colonial (Abolição da Escravatura). Porém, é na verdade mais um dia para ampliar as discussões e reflexões, além de celebrar o Dia Nacional de Combate ao Racismo, defendido pelo Movimento Negro.

A Coluna Axé representa um grande avanço na mídia alagoana, assim como, proporciona a divulgação das atividades sócio-culturais e políticas dos segmentos afros, além de denunciar casos de racismo e intolerância religiosa. Também contribui diretamente para a auto-estima da população afro-alagoana e quebra paradigmas quanto aos estereótipos destinados às pessoas de pele negra, muitas vezes, rotuladas como inferiores, feias ou marginais.

Pela relevância desta iniciativa, contamos com a aprovação dos Nobres Pares.

Sala das Sessões, 09 de maio de 2012.

FÁTIMA SANTIAGO

Vereadora – PP

Fonte: Ascom – Vereadora Fátima Santiago

Integrantes dos APNs são homenageadas em Alagoas

31 de março de 2012 Deixe um comentário

A jornalista Valdice Gomes e a médica ginecologista/vereadora Fátima Santiago

Na noite dessa quarta-feira (28.03.12) no imponente Teatro Deodoro em Maceió, ocorreu a entrega do prêmio Selma Bandeira. A atividade foi uma realização da empresa Eventur’s em parceria com a Prefeitura de Maceió, Instituto Zumbi dos Palmares, Sesi e Sebrae.

No mês onde se comemora o Dia Internacional da Mulher (08 de março), foram homenageadas 25 mulheres que contribuem para o desenvolvimento econômico, político e social em prol da igualdade de direitos na sociedade, dentre elas: a médica e ginecologista Fátima Santiago e a jornalista Valdice Gomes, que fazem parte da família dos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs).

Para a jornalista e Coordenadora dos APNs-Alagoas, Helciane Angélica, trata-se de uma homenagem justa porque são mulheres que se destacam em suas profissões e são comprometidas com as questões étnicorraciais. “Fiquei muito feliz em prestigiar esse momento, ainda mais, sabendo que nesse universo de mulheres brilhantes que foram selecionadas tiveram duas pessoas que fazem parte dos APNs e contribuem a sua maneira para a igualdade racial em diferentes setores. São duas mulheres encantadoras que a cada dia demonstram seu esforço e competência nos espaços de poder, e merecem o nosso aplauso e incentivo sempre“, destacou.

A premiação recebe o nome de uma mulher forte, Selma Bandeira, que foi médica e deputada estadual na década de 80, atuou pelo fim da violência e na defesa dos direitos humanos. Sua coragem e ousadia fizeram dela um marco e um diferencial pelas causas femininas.

Confira abaixo um resumo sobre a trajetória das nossas malungas homenageadas e outras fotos no blog da Baixinha Helci.

FÁTIMA SANTIAGO

Nasceu em Cabo Verde, país localizado no continente africano, mora no Brasil desde 1975 e foi naturalizada em 1988. É Médica especialista em Ginecologia e Obstetrícia há 28 anos, pós-graduada em Medicina do Trabalho, além de ter formação em Vídeo-histeroscopia e Diagnóstico Cirúrgico. Há 30 anos, ela desenvolve o trabalho de prevenção do câncer de colo uterino e câncer de mama nas comunidades carentes do Estado. E na área política, é vereadora por Maceió pelo Partido Progressista (PP), encontra-se no terceiro mandato, ocupa a função de 2ª Vice-Presidente na Mesa Diretora da Câmara Municipal e é a única parlamentar negra. Oficializou a sua filiação aos APNs em julho de 2011, na cidade de São Paulo (SP), durante a 1ª etapa da Escola Nacional de Formação.

 

VALDICE GOMES

É natural de Maceió -Alagoas e iniciou no jornalismo em 1979, exerceu as funções de: revisora, repórter da editoria de geral, pauteira e chefe de reportagem; além de atuar na área da assessoria de imprensa, onde prestou serviços à Secretaria Municipal de Saúde de Maceió, ao Fundo de Microcrédito do Governo do Estado (Funcred) e na Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). Atualmente, encontra-se no segundo mandato no Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal), representa a Comissão Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial (Conajira/Fenaj) no Conselho Nacional de Políticas pela Igualdade Racial (CNPIR/Seppir) e faz parte da Diretoria do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, entidade vinculada aos APNs em Alagoas.

Alagoas participa do Seminário de Abertura do Ano Nacional da Mulher APNs

14 de fevereiro de 2012 Deixe um comentário
Nos dias 10 e 11 de fevereiro, ocorreu na cidade de São Leopoldo (RS) o Seminário “Mulheres Negras: Resistência e Soberania de uma Raça” e a abertura oficial do Ano Nacional da Mulher APNs. A atividade foi coordenada pelo Grupo Cultural Anastácia Ominira – entidade vinculada aos Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) – e contou com o apoio da Prefeitura Municipal, da Secretaria de Segurança e da Coordenadoria da Mulher.
Estavam presentes representantes dos Estados de Alagoas, São Paulo, Maranhão, Minas Gerais, Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, além de educadores, gestores municipais, vereadores, representante da ONG Palmares e do Conselho Tutelar.
De Alagoas, estiveram presentes a jornalista Helciane Angélica (Mocambo Anajô-APN/AL), que acompanhou a médica ginecologista e vereadora por Maceió, Fátima Santiago (PP), uma das facilitadoras do grupo de trabalho sobre “Fortalecimento da Mulher na Política e Poder”. A parlamentar repassou suas experiências e destacou projetos de Lei da sua autoria, além de relatar as dificuldades enfrentadas ao longo dos três mandatos e a atuação em comunidades carentes para a prevenção do câncer do colo de útero e de mama.
Debate
Foram discutidas as estratégias de atuação e formação sócio-política sobre as questões étnicorraciais e de gênero, protagonismo das jovens negras e a participação nos espaços de poder. Dentre as propostas apresentadas estiveram: investir na formação política nas bases; seminário sobre a saúde da mulher negra; fortalecer a organização das jovens; construir quadros políticos no Brasil inteiro.
Para a Assessora da Mulher dos APNs, Rose Torquato, o ano de 2012 será muito especial para a entidade nacional e na defesa do desenvolvimento de políticas públicas destinadas às mulheres negras. “Eu comparo os APNs a uma árvore, que tem raízes fortes e se espalhou por esse país afora. Ser agente de pastoral negro é ser uma só família, e ser pastoral é o mesmo que cuidar dos outros, e essa é uma relação que veio da África. E o ano nacional da mulher APNs é para incentivar e mostrar que a mulher negra tem que mostrar o seu poder em qualquer lugar que esteja, seja dentro de casa, na comunidade, no trabalho, no sindicato e no partido político“, exaltou.
Ao longo desse ano, todos os mocambos deverão realizar atividades de formação e sócio-políticas na área de gênero e etnia, além dos encontros estaduais. As ações serão avaliadas no 6º Encontro Nacional da Mulher APNs, nos dias 15 a 17 de novembro, no Rio de Janeiro.
Outras atividades
Ainda teve na programação, a visita de cortesia na Câmara de Vereadores de São Leopoldo e a audiência no Gabinete do Prefeito Ary José Vanazzi. E o desfile do bloco carnavalesco “Filhos de Anastácia”, que existe há três anos, teve como samba-enredo 2012: “Anastácias, mulheres guerreiras”, escrito por Negro Izolino, cantor e compositor que faz músicas para escolas de samba desde 1980. O bloco afro animou a comunidade do bairro do Rio Branco e integrantes dos APNs. Confira outras informações no site: www.apnsbrasil.org.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fátima Santiago se reúne com integrantes dos APNs

3 de fevereiro de 2012 Deixe um comentário

A entidade nacional do movimento negro completará 30 anos no próximo ano


Conversa descontraída entre: Filomena Félix, Allex Porfírio, Nuno Coelho e Fátima Santiago

No dia 24 de janeiro de 2012, no Restaurante Bodega do Sertão em Maceió, a Vereadora Fátima Santiago (PP) esteve com integrantes do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô – grupo alagoano vinculado à entidade nacional do movimento negro, os Agentes de Pastoral Negros do Brasil (APNs) – e o Coordenador Nacional, Nuno Coelho.

Durante o almoço de cortesia, foram discutidos: políticas públicas nacionais destinadas à população afro-descendente e a importância de ter uma parlamentar que defende a causa, ainda mais, sendo a única vereadora negra na Câmara Municipal de Maceió. Ainda foi reforçado o convite para que ela participe do Seminário Nacional e Lançamento do Ano da Mulher APNs, nos dias 10 e 11 de fevereiro, em São Leopoldo (RS).

E o ponto central do encontro foi o aniversário dos 30 anos dos APNs. Nuno Coelho está na capital alagoana para cumprir uma agenda política de articulação para a celebração, que acontecerá de 13 a 17 de março de 2013, nas cidades alagoanas de Maceió e União dos Palmares, e contará com a presença de integrantes de vários mocambos, autoridades e convidados.

Compromisso

Nuno Coelho e Fátima Santiago
A parlamentar garantiu o seu apoio nos preparativos para a realização do evento, inclusive, mediando reuniões com gestores públicos e na busca de patrocinadores.

Também afirmou que apresentará um requerimento com a indicação da entidade para receber ainda neste ano a Comenda Zumbi dos Palmares (Resolução nº492 de 09/08/98) outorgada a personalidade, entidades e instituições que tenham se destacado na luta pelo fim da descriminação cultural, racial e de cor sofrida pelos negros.

Fátima Santiago mesmo com o pouco tempo envolvida com a história dos APNs, tem demonstrado admiração pelo trabalho desenvolvido. Já frequentou atividades sócio-políticas e culturais realizadas pelo Anajô, a exemplo do Tambor Falante, “Uma por santo – feijoada entre amigos” e do “Palmares in loco”. Também foi uma das participantes da primeira etapa da Escola Nacional de Formação, onde ampliou seus horizontes sobre a luta no combate do racismo e na efetivação de ações afirmativas. A sua filiação foi oficializada em julho de 2010, na cidade de São Paulo. (Leia também:Fátima Santiago participa de formação étnicorracial em São Paulo).

Fonte: www.fatimasantiago.com